uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Pequenos presentes que alimentam grandes sonhos

Meninas do Lar de Santo António em Santarém recebem prendas do Feira Nova

Os olhos de Marta Relíquias brilharam com mais intensidade quando recebeu um rato de peluche, na tarde de quinta-feira, 6 de Janeiro, de uma campanha de recolha de brinquedos dos hipermercados Feira Nova. Para esta menina de 13 anos, a viver no lar de Santo António, em Santarém, qualquer oferta, por pequena que seja, tem um valor emocional muito grande.

Edição de 12.01.2005 | Sociedade
Marta é uma das 35 utentes do lar das raparigas. Está há nove anos na instituição a que chama a sua casa. As colegas são como as suas irmãs. As funcionárias são as suas mães, diz com um sorriso tímido. Aluna mediana, como se classifica, anda no 7º ano de escolaridade e um dia gostava de ser polícia para combater as injustiças. Este ano começou melhor para a Marta e as suas colegas do lar. No Natal recebeu mais presentes que o habitual devido à campanha do Feira Nova. Houve roupas, sapatos, bonecos, doces. De todos gostou mais do vestuário porque, confessa, é “um bocadinho vaidosa”. Para além dos presentes, o Natal foi o melhor desde que está na instituição. Pela primeira vez teve a visita de quase toda a família: mãe, avós, tios, primos… Só faltou o pai, que não vê desde os três anos. E voltar a encontrá-lo era a melhor prenda que lhe poderiam dar, confidencia algo retraída. O seu maior sonho era fazer uma viagem de avião. Gostava de ir às Canárias, onde nasceu o pai e os seus dois irmãos. Enquanto vai vivendo na esperança de concretizar os seus desejos, Marta Relíquias vai tendo pequenas grandes vitórias na vida, como a de receber um rato de peluche. “Já tem um destino. Vai para cima da minha cama fazer-me companhia”. A entrega dos presentes do Feira Nova no Dia de Reis foi um acto simbólico, já que a maior parte dos presentes recolhidos na campanha de solidariedade “Uma Tonelada de Sorrisos”, foi distribuída na altura do Natal. O hipermercado de Santarém conseguiu recolher junto dos seus clientes 236 quilos de presentes, o que dá mais de 300 prendas.O Lar de Santo António, aproveitou para partilhar os presentes, distribuindo uma parte por outras instituições da cidade, como a Santa Casa da Misericórdia de Santarém, Fundação Madre Andaluz e juntas de freguesia de Marvila e S. Nicolau, para crianças carencia-das. Para a directora técnica do lar, que acolhe crianças dos 8 aos 18 anos, esta “campanha foi excelente porque enriqueceu mais o Natal das meninas ao cuidado da instituição. Apesar de apelarmos às pessoas para contribuir, nos outros anos temos que comprar algumas prendas, que tem influência no orçamento da instituição”. O director do Feira Nova de Santarém, Jorge Tavares, corrobora que a participação das pessoas “superou as expectativas”. O Lar de Santo António acolhe crianças por ordem do tribunal, das comissões de protecção de menores ou a pedido da Segurança Social. No ano de 2004, três crianças foram entregues para adopção, esperando-se que este ano o número suba para quatro.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...