uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Suspeitos de tráfico de droga apanhados na cama

Suspeitos de tráfico de droga apanhados na cama

Polícia de Santarém detém 14 indivíduos durante a madrugada

Catorze detidos, dos quais sete estão em prisão preventiva, dez carros apreendidos, milhares de doses de droga confiscadas foi o resultado de uma mega operação da PSP de Santarém.

Edição de 26.01.2005 | Sociedade
Metade dos 14 suspeitos de tráfico de droga detidos na noite de quinta-feira, 21, pela Polícia de Santarém, vão ficar a aguardar julgamento em prisão preventiva. Aos outros sete, o tribunal decretou como medida preventiva a apresentação diária às autoridades, a proibição de saírem da área de residência e de contactarem entre eles. A captura dos alegados traficantes aconteceu após investigações que duraram mais de um ano e que culminaram numa operação surpresa em vários pontos da cidade. Uma das zonas visitadas pelos agentes foi a urbanização de São Domingos. Os agentes da polícia foram ainda a uma habitação no Vale de Santarém. Com esta mega operação, a PSP acredita ter dado um duro golpe na venda de estupefacientes na cidade e no concelho. E para o seu sucesso contribuiu a rapidez de movimentos, impossibilitando que os elementos fossem avisados do que estava a acontecer por outros supostos traficantes. Segundo a polícia, alguns dos suspeitos foram detidos quando se encontravam na cama. Uns dos indivíduos capturados há muito que estava referenciado como traficante e, segundo fonte policial, há quatro anos que conseguia escapar à PSP e à Polícia Judiciária que também o trazia debaixo de olho. Os detidos têm entre 26 e 48 anos de idade e, segundo o comandante distrital da PSP, actuavam como “profissionais”. Uma característica evidenciada pelo facto de alguns terem portas blindadas nas suas habitações. Em simultâneo com as detenções, foram feitas buscas a 16 residências onde a PSP apanhou centenas de materiais ligados ao tráfico. Entre os quais máquinas fotográficas, armas de fogo, televisões, auto-rádios, objectos em ouro e prata, entre outros. Foram também apreendidos computadores e material audiovisual que se suspeita ser proveniente de assaltos a escolas da cidade. Foi apanhada ainda uma considerável quantidade de droga: Mais de duas mil doses de cocaína, mil de heroína, 100 doses de haxixe e 10 doses de liamba. Ao todo a polícia apreendeu dez automóveis que eram usados pelos suspeitos em actividades ilícitas. Entre os quais modelos de grande cilindrada, como um Mercedes e um Porsche. No entender do comandante distrital da PSP, superintendente Levy Correia, com esta operação “foi dada uma grande machadada no tráfico de droga na cidade”. O operacional avisa aqueles que queiram ocupar o lugar deixado vago pelos detidos para terem cuidado, já que, garante, “vão ter a polícia à perna”. Segundo o superintendente, os elementos estavam referenciados como as pessoas que mais traficavam em Santarém e entre os quais está um empresário. Com a sua detenção, “aumentam os índices de confiança da população e os níveis de segurança na cidade”, sublinha.Na operação, denominada “Veterano”, a PSP empregou vários meios, como 20 viaturas, metade delas descaracterizadas. Foi ainda empregue uma viatura reboque e outra de transporte de cães. Esteve envolvido um contingente de 100 agentes policiais.
Suspeitos de tráfico de droga apanhados na cama

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...