uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Nada de novo na frente

Edição de 02.02.2005 | Desporto
Foi uma décima-sétima jornada onde não se registaram surpresas. O grande destaque vai para a goleada 10-0 imposta pelo Samora Correia ao Caxarias. É uma goleada de outros tempos, que atesta mais a fragilidade da equipa do concelho de Ourém, mas que comprova também a vocação atacante da equipa samorense, que passa a ter o segundo ataque mais concretizador do campeonato, só batido pelo Amiense.Não se registaram alterações na frente da tabela classificativa. Todas as equipas que ocupam os sete primeiros lugares da classificação geral venceram os jogos que disputaram. E as equipas da parte de baixo da tabela perderam, por isso tudo ficou na mesma.Saliente-se no entanto as dificuldades porque passaram os dois primeiros para vencer. O Ouriquense, a jogar em “casa”, só conseguiu vencer 1-0 o Tramagal. Uma vitória bem sofrida que ajuda a mostrar alguma quebra da equipa comandada por Jorge Peralta. Que, no entanto, se mantém isolada no primeiro lugar da geral.Em Mação, a equipa local também sentiu imensas dificuldades para vencer 3-1 a União da Chamusca. Os dois golos que lhe deram a vitória aconteceram apenas em período de compensação dados pelo árbitro. Contudo a vitória deu para garantir o segundo lugar e manter a pressão sobre o Ouriquense.O Amiense foi o único dos três da frente que não sentiu grandes dificuldades. Venceu 2-0 o União de Tomar, num jogo tranquilo, disputado na sexta-feira à noite, em Amiais de Baixo, mantendo intactos todos os objectivos de subida de divisão.Num jogo que trás sempre um rastilho de rivalidade, o União de Santarém foi a Almeirim vencer 2-1 o União local. Foi uma vitória difícil mas ajudou os escalabitanos a não deixarem fugir mais os seus adversários. O Coruchense também cumpriu. Venceu 3-0 o Ferro-viários e manteve acesa a luz dos primeiros lugares. O Benavente foi vencer 1-0 ao terreno do Atalaiense, mantendo a quinta posição em igualdade pontual com o União de Santarém. Com o empate 2-2 alcançado em Vilar dos Prazeres, o União Figueirense colou-se ao União da Chamusca no oitavo lugar da tabela classificativa. Numa altura em que o campeonato vai sofrer uma interrupção para que se dispute a terceira eliminatória da Taça do Ribatejo, continua tudo muito embrulhado na tabela classificativa, quer no que diz respeito aos primeiros lugares, quer aos lugares de descida que, este ano, tudo indica, contemplarão pelo menos cinco equipas.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...