uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

O caminho do cabeço de Almodelim

Edição de 02.02.2005 | O Mirante dos Leitores
Na freguesia de Almoster, especificamente na Ponte do Celeiro, Cabeço de Almodelim, estamos a viver um caso de fuga à responsabilidade que passo a relatar. O nosso caminho foi danificado pelos camiões da obras da A1 e a Junta de Freguesia está a ver nisto uma boa oportunidade para resolver um problema que nunca resolveu, uma vez que o caminho já estava bastante danificado antes das obras.Não estou contra, mas há que falar verdade. O caminho está em mau estado há muitos anos. Os camiões só utilizaram uma parte e por isso não são responsáveis por todos os danos existentes. Apesar disso espero que seja desta vez que a situação fique resolvida.Os buracos do caminho do Cabeço de Almodelim são tapados duas vezes por ano com “tout-venant”. Nós, os habitantes, uma dúzia de famílias (poucos votos), temos sofrido com a incapacidade da Junta. Esperamos que essa incapacidade não se mantenha. Já que não foram capazes de arranjar o caminho, ao menos que agora consigam obrigar quem o estragou a repará-lo.Dentro de dias as obras na A1 da nossa freguesia ficam concluídas e os sub-empreiteiros dizem bye-bye com as mãozinhas e fica tudo na mesma (esburacado) se ninguém conseguir que eles assumam as suas responsabilidades. Johannes Fr. M. MolNota da redacção: Ainda não é desta que o caminho do Cabeço de Almodelim vai ser arranjado. A informação foi dada a O MIRANTE pelo vice-presidente da Câmara Municipal de Santarém. Manuel Afonso assume que a responsabilidade pelo arranjo da estrada é da autarquia e não da Brisa ou dos empreiteiros das obras da A1 mas não avança com qualquer prazo para a realização das obras.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...