uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

PDA desiste em Santarém

Edição de 10.02.2005 | Política
O Partido Democrático do Atlântico (PDA) apresentou no dia 2 de Fevereiro os candidatos ao Parlamento pelo círculo de Lisboa, com uma lista encabeçada por Manuel Ferreira do Anjos, e anunciou a desistência pelo círculo de Santarém.“Foi uma tentativa infrutífera”, limitou-se a responder o presidente do PDA, José Ventura, ao ser questionado pela Lusa sobre os motivos da desistência por Santarém, um dos cinco círculos eleitorais por onde o partido admitira concorrer às legislativas.A candidatura por Santarém constava de um pedido do PDA à Comissão Nacional de Eleições (CNE) para que lhe fosse atribuído tempo de antena, que foi recusado porque o partido não apresentou candidatos em pelo menos 25 por cento dos círculos eleitorais.Além de Lisboa, o PDA vai concorrer pelos círculos eleitorais dos Açores, Vila Real e Fora da Europa.O PDA já concorreu anteriormente a eleições legislativas, mas quase sempre apenas pelos Açores, onde tem a sua sede.Numa conferência de imprensa em Lisboa, Ferreira dos Anjos apresentou ainda o programa eleitoral do PDA, destacando como “prioridades absolutas” o “saneamento financeiro do Estado e das Autarquias Locais” e a obrigatoriedade do mesmo Estado “assumir as suas responsabilidades em relação aos cidadãos”.Entre as medidas que defendeu para “melhor proteger os cidadãos”, Ferreira dos Anjos salientou “a necessidade de o deferimento tácito dos requerimentos particulares ser a regra quando a Administração Pública não emite qualquer decisão expressa”, bem como a “necessidade de fazer alterações em matéria de responsabilidade objectiva do Estado perante os particulares”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...