uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Alhandrenses ameaçam bloquear comboios

Alhandrenses ameaçam bloquear comboios

População exige medidas imediatas na passagem de nível

Em Alhandra, um grupo de pessoas admite vir a cortar a linha do comboio se houver um novo acidente mortal. “Não deixaremos passar os comboios enquanto não derem garantias escritas”, disse a O MIRANTE um homem que pediu anonimato.

Edição de 10.02.2005 | Sociedade
O mal estar é generalizado na vila. Autarcas, bombeiros e forças vivas admitem participar na iniciativa se não forem tomadas medidas imediatas na passagem onde três pessoas foram desfeitas por comboios rápidos em dois meses.Na vila está a circular um abaixo-assinado que pode ser consultado e preenchido no quartel dos bombeiros e em vários estabelecimentos comerciais. O documento exige que a Refer (Rede Ferroviária Nacional) tome medidas imediatas na passagem de nível mortal.Os alhandrenses querem que sejam colocadas barreiras e sinais sonoros com urgência, enquanto decorrerem os estudos e as obras para a implementação de uma solução de fundo.A passagem não tem um único aviso visual ou sonoro e não tem qualquer barreira física que impeça o acesso directo à linha.Os subscritores do documento não aceitam também que o cruzamento dos comboios se faça naquela zona de atravessamento e solicitam alterações dos horários para que o cruzamento seja feito noutro local mais seguro. O comunicado termina duma forma emotiva. “Qual será o próximo? O meu filho, o meu irmão, o meu pai ou o meu vizinho”.Recorde-se que, em declarações a O MIRANTE, a Refer garantiu que vai implementar várias de medidas até final de Março na estação alhandrense. A substituição do actual estrado por outro de piso de borracha será imediata e mais tarde será alargada a plataforma para criar um interface com o pavimento da estrada. A intervenção prevista inclui também a colocação de gradeamentos dos dois lados na zona final do cais junto ao estrado e a construção de labirintos para circulação dos utentes. A Refer anunciou que mantém os estudos de uma solução de desnivelamento para a passagem e enquadra a medida com as obras de modernização da Linha do Norte.
Alhandrenses ameaçam bloquear comboios

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...