uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Duas viaturas reforçam Bombeiros Municipais de Coruche

Duas viaturas reforçam Bombeiros Municipais de Coruche

Edição de 10.02.2005 | Sociedade
Os Bombeiros Municipais de Coruche (BMC) vão ser reforçados com uma viatura de combate a incêndios florestais e um veículo tanque urbano. A medida foi aprovada na reunião do executivo municipal de 2 de Fevereiro.O pronto-socorro florestal, estimado em cerca de 107 mil euros, vem renovar a frota da corporação de Coruche, que tem viaturas que já se encontram no limite da idade e se revelam lentas no combate aos fogos florestais. “O novo veículo tem tracção integral e meios de combate a incêndio mais adaptados a esse tipo de intervenção”, explicou o comandante dos BMC, Rafael Rodrigues, a O MIRANTE.A aquisição da viatura tanque táctica urbana, que custa cerca de 129 mil euros, vai permitir fazer o reabastecimento de três a quatro pronto-socorros em acções de combate a incêndios urbanos.Dois “reforços” que Rafael Rodrigues considera que vão dar maior operacionalidade, eficácia e potencial no combate a incêndios, cabendo aos bombeiros mostrar capacidade de resposta.O custo de ambas as viaturas (cerca de 240 mil euros) será suportado a 50 por cento pela Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil (SNBPC). O que, ainda assim, não satisfaz totalmente o líder da Câmara de Coruche. Dionísio Mendes considera que existe uma situação de injustiça no financiamento das corporações de bombeiros voluntários e das municipais.“Os BMC costumam acorrer dezenas de vezes em auxílio de corporações voluntárias de concelhos vizinhos, com desgaste dos materiais e gasto de combustível. Não há apoios do Estado e as autarquias com bombeiros municipais saem prejudicadas”, explicou, sugerindo que as câmaras nessa situação devem acertar uma posição futura.Os BMC têm um custo anual de cerca de 750 mil euros, “enquanto outras autarquias despendem apenas cerca de 100 a 150 mil euros/ano com corporações de voluntários”, acrescentou.
Duas viaturas reforçam Bombeiros Municipais de Coruche

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...