uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Jerónimo homenageou população de Vale de Cavalos

Edição de 16.02.2005 | Política
O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, evocou domingo a luta dos ribatejanos contra o fascismo na praça da jorna de Vale de Cavalos, na Chamusca. Algumas dezenas de pessoas, muitas delas idosas, ouviram Jerónimo de Sousa evocar “outros tempos”, em que naquele local “de repressão da política fascista” os trabalhadores “nunca quebraram para que Abril fosse uma realidade no país”.Essa tradição de luta foi factor que levou as gentes de Vale de Cavalos a “sempre, em todas as eleições, darem a vitória à CDU”, sublinhou Jerónimo de Sousa, antes de partir para o alerta que vem lançando diariamente: “as conquistas de Abril estão ameaçadas” 30 anos passados sobre a revolução de 1974.Perante uma assistência maioritariamente constituída por trabalhadores rurais, alertou para o “regresso do poder dos grandes senhores” ao Ribatejo, “agravado com a ameaça de privatização da Companhia das Lezírias”.Estava dado o mote para as habituais críticas ao PS, PSD e CDS-PP, com Jerónimo a afirmar que a situação “não se deve a qualquer fatalidade do povo ribatejano, mas sim às políticas praticadas ao longo de 28 anos”.Antes, o secretário-geral do PCP passou pelo mercado de Santarém, onde, durante uma visita curta, ouviu lamentos de vida difícil e palavras de alento.Lusa

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...