uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Eduardo Leonardo um campeão ribatejano

Campeonato Nacional de Judo Categoria de Esperanças encheu pavilhão do Entroncamento
Edição de 02.03.2005 | Desporto
Eduardo Leonardo, judoca da Casa do Benfica em Santarém, foi o único judoca ribatejano a conquistar o título de campeão nacional no Campeonato Nacional de Judo na categoria de Esperanças, que se realizou, no sábado, no novo Pavilhão Municipal do Entroncamento.Com a medalha ao peito, o judoca de Santarém não escondeu o seu contentamento e festejou intensamente com os seus companheiros e amigos a primeira grande vitória e o consequente título de campeão nacional. O único conquistado por judocas ribatejanos nesta prova.“Foi uma vitória muito saborosa. É uma sensação que não tem explicação. Era um título que já procurava há muito tempo. Já tinha o título de equipas, mas a nível individual este é o primeiro, e por isso tem um sabor especial”, referia com a alegria estampada no rosto.Foi o alcançar de um sonho que Eduardo Leonardo quer reforçar com a presença no circuito europeu, onde pretende alcançar os mínimos para estar presente no Campeonato da Europa. “Esta vitória veio abrir as portas da Selecção Nacional. A primeira prova vai ser já de seguida em Espanha, depois segue-se a Holanda e a Polónia, e aí tudo irei fazer para conseguir os mínimos para estar presente no Europeu”, garantiu entusiasmado o judoca.Eduardo Leonardo é um atleta agradecido e na hora da vitória garante que a conquista deste título tem que ser dividida com os seus mestres e os seus pais. “Têm sido excepcionais no ensinamento e no apoio. Todos têm uma cota parte importante na conquista deste título”, disse reconhecido.Para além do título de campeão na categoria de -73 kg conquistado por Eduardo Leonardo, os judocas ribatejanos alcançaram ainda vários lugares no pódio. Em masculinos – também na categoria de -73 kg, Stephan Oliveira, da Sociedade Filarmónica Gualdim Pais de Tomar, foi finalista garantindo o segundo lugar. João D’Almeida, da Casa do Benfica em Santarém, foi terceiro em -50k, e José Fanqueiro, da Gualdim Pais, foi terceiro em -66kg.Em femininos – Inês Ramalho, do Salvaterrense, foi 2ª em -48kg.; Soraia Figueiredo, do Clube de Judo do Ribatejo, foi 2ª em -52kg.; Ana Francisquinho, da Gualdim Pais, 3ª em -52kg.; Madalena Felício, do Clube de Judo do Ribatejo, 3ª em -57kg.; Ana Godinho, do Clube de Judo do Ribatejo, 3ª em -70kg.O Campeonato Nacional de Judo na categoria de Esperanças foi a primeira grande competição de nível nacional no novo pavilhão desportivo do Entroncamento, inaugurado há cerca de dois meses. Ao todo estiveram presentes 187 judocas em representação de 75 clubes de todo o país. As excelentes condições do pavilhão foram elogiados por todos os presentes, quer os atletas, quer os espectadores, que emolduravam de várias cores as bancadas do bonito e funcional espaço desportivo.O campeonato foi organizado pela Associação de Judo do Distrito de Santarém e pela Federação Portuguesa de Judo. No final da prova, o vice-presidente da Federação, Frederico Salgado, manifestou o seu agrado tanto pelo nível organizativo da prova, como pelas condições do pavilhão. “É um pavilhão magnífico. Um dos melhores que já encontrei na província, quer para o desenvolvimento da competição, quer para o público que a ela assiste”, garantiu.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...