uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Manutenção cada vez mais longe

Alverca perdeu 2-1 com o Naval
Edição de 02.03.2005 | Desporto
O Alverca perdeu este domingo com o Naval por 2-1, em jogo da 23ª jornada da Liga de Honra em futebol, disputado no Complexo Desportivo do FC Alverca, e atrasou-se mais ainda na luta pela manutençãoA equipa visitante teve um primeiro revés aos nove minutos, com a lesão muscular de Solimar a obrigar à entrada prematura de Luís Cláudio. Pouco depois, nova contrariedade. Ao minuto 17, Comboio penetrou na área dos ribatejanos pela direita e foi derrubado por Ivo Afonso, dando lugar à marcação de uma grande penalidade, transformada com êxito por Miguel Bruno.Com um pouco de sorte, o Alverca colocou-se na frente, mas a resposta dos visitantes surgiu por Basílio, que rematou de longe, por duas vezes e falhou o alvo por pouco. Antes de, em cima do final da primeira parte, Éder ganhar espaço à entrada da área e restabelecer a igualdade, com um tiro colocado.O regresso dos balneários mostrou um Naval mais objectivo. Em consequência desse maior domínio, Tatú repôs a equipa da Figueira da Foz novamente na frente, através de um remate ao ângulo superior esquerdo (48 minutos).Com o jogo mais aberto, Carolo, isolado, permitiu a defesa de Taborda. Na recarga, Pedro Neves obrigou o guarda-redes a nova boa intervenção. Até final, apesar do maior domínio dos homens da casa, o marcador não sofreu alterações.O trio de arbitragem revelou demasiado rigor disciplinar e teve o seu principal erro ao não assinalar uma grande penalidade por derrube de Júnior a Tatú, nos primeiros momentos da segunda parte.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...