uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Três anos de “casamento” com as bicicletas

Três anos de “casamento” com as bicicletas

Clube de Ciclismo José Maria Nicolau e Grupo Desportivo de Pontével apresentaram equipas para 2005
Edição de 02.03.2005 | Desporto
Ganhar cinco a seis corridas durante a época de 2005 é o objectivo traçado pelo Clube de Ciclismo José Maria Nicolau para a equipa de juniores, que este ano se vai juntar aos restantes escalões de formação do clube, numa parceria com o Grupo Desportivo de Pontével. Ao todo são cerca de 40 atletas a praticar a modalidade no concelho do Cartaxo.De Março até Setembro a equipa de juniores do Clube de Ciclismo José Maria Nicolau (CCJMN) vai disputar entre 30 a 35 corridas, ocupando todos os fins-de-semana. A formação é a mais recente aquisição de um clube que promove o ciclismo nas categorias de juniores e cadetes. O Grupo Desportivo de Pontével (GDP) fica responsável pelos escalões mais novos, juvenis, infantis e iniciados.Esta época a equipa recebe uma das provas da Taça Nacional, no Cartaxo, a 20 de Março, e nessa altura pretende apurar o máximo de atletas para a fase final da prova. De resto, segundo José Nicolau, treinador e responsável pelo clube, “o objectivo passa por fazer boa figura na Volta a Loulé, mas também nos prémios do Minho e do Redondo”. Com nove atletas na equipa, dois chegam do Águias de Alpiarça, um do vale de Santarém e outro do Carregado. Os restantes permanecem no conjunto do ano anterior.A apresentação de todos os escalões de formação foi realizada na tarde de sábado perante uma plateia de atletas, pais e adeptos do ciclismo que encheu o auditório municipal da Quinta das Pratas. Onde também marcaram presença os ciclistas profissionais Gonçalo Amorim, Renato Silva e Herman Vieira, além do ex-ciclista e actual comentador Marco Chagas. Gonçalo Amorim lembrou como é importante para a motivação dos jovens atletas ter referências da sua região na modalidade. O que no concelho do Cartaxo não é difícil de encontrar com praticantes como Marco Chagas, Francisco Valada ou José Maria Nicolau.Durante a apresentação desfilaram, um a um, todos os atletas e técnicos das equipas. Este é o terceiro ano da parceria entre os dois clubes. O presidente do GDP, Vítor Oliveira, deixou a mensagem de que os meios logísticos e de transporte, além dos humanos, exigem maior apoio da autarquia, agradecendo o apoio importante dos patrocinadores.O orçamento para a época em todos os escalões ronda os 20 mil euros, sendo cerca de metade gasto com os novos equipamentos, com que vão “trajar” de vermelho e laranja todos os ciclistas do clube. Além dos escalões jovens, com iniciados (7-10 anos), infantis (11-12 anos) e juvenis (13-14 anos), há ainda três escalões de veteranos com 14 elementos, e uma equipa de elites amadores/sub-23. Os responsáveis presentes elogiaram o projecto desenvolvido por CCJMN e GDP, dado o prestígio da modalidade no concelho, mas também o crescimento do número de adeptos e praticantes e a projecção de ambos os emblemas a nível distrital e nacional.Ciclismo no femininoA partir desta época o Clube de Ciclismo José Maria Nicolau passa a contar com ciclismo feminino por “culpa” de Joana Patrício. Uma verdadeira adepta das bicicletas que, aos 17 anos, se vai estrear em provas federadas de ciclismo de corrida.Natural de Salvaterra de Magos e a estudar no 11.º ano da escola secundária local, provém do clube de cicloturismo do Frade de Cima (Alpiarça) mas, como explicou a O MIRANTE, o sonho de competir foi mais forte e como está próxima do clube, pode ser bom.Para já está a treinar três vezes por semana, cerca de hora a hora e meia cada dia. O primeiro grande desafio da época começa a 13 de Março, em Castelo Branco, e Joana Patrício confessa que se encontra ansiosa para a estreia nas corridas.Uma jovem acompanhada, nos iniciados, por uma menina bem mais nova - Filipa Amendoeira, de 8 anos - que também vai dar as primeiras pedaladas nas bicicletas a “sério”.
Três anos de “casamento” com as bicicletas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...