uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Lixo acumula-se no centro de Santarém

Lixo acumula-se no centro de Santarém

Edição de 02.03.2005 | Sociedade
Uma parte do terreno conhecido de “ferro de engomar” situado entre a rua do Outeirinho e a avenida António dos Santos, em Santarém, está transformado em depósito de lixo. Caixotes, peças em metal, cartão, garrafas, plásticos e até um pára-choques ali foram despejados sem que ninguém os retire.Rita Costa mora no edifício ao lado do terreno e ficou surpreendida com o panorama que viu há dias. “Fui à varanda e fiquei chocada com tanto lixo que vi acumulado”, referiu, considerando que algo deve ser feito num local sem destino há vários anos.Aquele “cenário” de desleixo está a poucos centímetros de contentores de lixo e ecopontos do serviço de higiene e limpeza da Câmara de Santarém colocados na avenida António Santos, recolha após recolha, não tem levado aquele material.O terreno está ladeado por um muro que possui portão. Do lado da avenida António Santos há dois contentores de lixo e ecopontos para papelão, mas nada parece evitar que o terreno se vá enchendo de detritos. O terreno pertence a um privado que disse a O MIRANTE desconhecer quem deposita lixo no local, mas imputou aos serviços da autarquia a falta de limpeza da zona, pela proximidade aos contentores.
Lixo acumula-se no centro de Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...