uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Ladrões abastecem-se nas bombas

Em menos de uma semana foram roubados seis postos de combustíveis na Lezíria do Tejo

Os assaltos a bombas de gasolina, que até agora não tinham expressão na região, estão a aumentar. Em menos de uma semana foram assaltados seis postos na Lezíria do Tejo.

Edição de 23.03.2005 | Sociedade
A GNR está a investigar em conjunto com a Polícia Judiciária um surto de assaltos a bombas de gasolina na região. Na semana passada seis postos de abastecimento da zona da Lezíria do Tejo foram alvo da investida de ladrões armados com caçadeiras e facas. Em todas as ocorrências, que se registaram entre os dias 12 e 17 de Março, foram usados carros roubados. As autoridades não falam para já na existência de um grupo organizado, mas estão a estabelecer relações entre os vários casos e a forma como foram feitos os assaltos. Em algumas situações os assaltantes actuaram de cara tapada. Algumas bombas de combustível receberam a visita de dois assaltantes, outras foram assaltadas apenas por um elemento. Sabe-se para já que em dois assaltos actuou um duo. Foi o que aconteceu na quinta-feira, dia 17, no posto da Galp no Couço, concelho de Coruche. Presume-se que o mesmo grupo tenha assaltado três dias antes a bomba de gasolina ETC situada na Estrada Nacional 118, em Benavente. Em ambas as ocorrências ainda não se concluiu o levantamento dos bens roubados e qual o montante. A onda de assaltos aos postos começou no dia 12 em Vila Chã de Ourique, concelho do Cartaxo. A bomba da BP foi visitada por um indivíduo armado com uma faca, que conseguiu levar 220 euros em dinheiro. Dois dias depois foi a vez do posto da Total em Paço dos Negros, concelho de Almeirim. Neste caso actuaram dois homens com arma de fogo que conseguiram levar 100 euros em dinheiro e uma caçadeira do proprietário do estabelecimento. No dia 16 (quarta-feira), por volta das 23h50, um homem munido de uma caçadeira irrompeu pelas instalações do posto self-service da Cepsa de Almeirim. Do espaço onde está instalada a caixa registadora e um mini bar, levou vários maços de tabaco. O assaltante tinha um gorro enfiado na cabeça para evitar ser reconhecido e fugiu num carro roubado. Os mais recentes assaltos ocorreram na quinta-feira, dia 17. Cerca das 22h00 foi assaltado o posto de combustível de Vila Chã de Ourique (Cartaxo). O homem actuou também de cara tapada e usando uma arma branca para ameaçar quem se encontrava no local. Levou 100 euros e vários maços de tabaco. Meia hora depois a GNR recebeu uma chamada a alertar para um outro assalto que estava a ocorrer nas bombas do Couço. Suspeita-se que alguns dos assaltantes se tenham deslocado das zonas do Montijo ou Ponte de Sôr, onde nos últimos tempos se registaram assaltos semelhantes. Todos os assaltos ocorreram durante a noite, numa altura em que os estabelecimentos registavam pouco movimento.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...