uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Montra arrombada com automóvel

Assalto a loja de material electrónico de Santarém foi rentável para ladrões

Computadores portáteis, monitores, máquinas de filmar e consolas foram roubados de loja em pleno centro da cidade.

Edição de 01.03.2006 | Sociedade
Uma loja de material electrónico e informático de Santarém foi assaltada ao início da manhã de quarta-feira, 22 de Fevereiro, através de arrombamento da montra com recurso a um automóvel. Eram cerca de 06h45 quando um Fiat Uno roubado foi lançado contra a porta da loja do concessionário Sony, situada na avenida Afonso Henriques, umas das mais movimentadas da cidade.A viatura teve de galgar o passeio com cerca de 20 centímetros de altura e arrombar a porta de vidro temperado da loja, assim como o gradeamento interior em aço inoxidável. Foram moradores dos prédios por cima da loja que alertaram as autoridades para a situação devido ao estrondo que o embate provocou. Do interior da loja os larápios levaram computadores portáteis Vaio, monitores LCD, máquinas de filmar e fotográficas, bem como consolas playstations. A fuga foi feita noutra viatura.O proprietário da loja lamenta o roubo de muito material mas sobretudo a destruição a que a loja foi sujeita. Paulo Pinto referiu a O MIRANTE que tinha uma câmara a filmar a entrada do estabelecimento que terá dado a entender que foram dois ou três indivíduos a protagonizar o assalto. Adiantou ainda que não estão contabilizados os prejuízos e lastimou que, mesmo sendo um bunker, a loja não tenha aguentado a estratégia dos assaltantes. O Núcleo de Investigação Criminal da PSP de Santarém esteve no local a recolher indícios. De acordo com o oficial de relações públicas da PSP de Santarém, existem dois suspeitos do assalto, além da probabilidade de um terceiro elemento também ter participado na acção. Sem se saber ainda se são da região ou de fora.“As últimas situações com este género de assaltos não têm sido protagonizadas por indivíduos da região o que não quer dizer que haja outras nos casos em que não foram identificados”, explica o comissário Soares.Segundo este responsável da PSP o crime de assalto com recurso a arrombamento com viatura é grave e não tem sido habitual. Sustenta que há que acentuar a vigilância, face a indivíduos que conhecem as lojas, sabem o material que querem roubar e podem ou não recorrer à violência.“No Verão passado, em Torres Novas, houve dois assaltos a uma loja de matérial electrónico em que a PSP utilizou arma de fogo e os indivíduos não responderam, porque não tinham armas ou porque não quiseram”, recorda o comissário Soares.Ricardo Carreira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...