uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Agentes da BT suspensos voltam ao trabalho

Edição de 08.03.2006 | Sociedade
Os vinte e um militares do Destacamento da BT da GNR do Carregado suspensos por 90 dias no final de Novembro regressaram ao trabalho a semana passada. Os agentes continuam a aguardar a conclusão dos processos de investigação sobre alegadas ofensas ao comandante, o tenente João Madaleno.Durante a suspensão, o patrulhamento da região foi assegurado por uma unidade de reserva, o Grupo de Acção Conjunta (GAC) da Brigada de Trânsito.Com a suspensão dos 21 elementos, o efectivo do destacamento ficou reduzido a cerca de 50 militares.A polémica na BT do Carregado, que opõe alguns agentes ao comandante da unidade, estalou a 23 de Novembro, dia em que o oficial convocou os 21 agentes para comparecerem no seu gabinete, “um a um”, para serem ouvidos sobre questões de serviço. A conversa decorreu fora do horário normal de trabalho, facto que desagradou aos agentes convocados. O tempo que demorou a conversa com um dos elementos, aumentou o grau de insatisfação dos militares que esperavam vez. Alguns acabaram por se insurgir contra o comandante. Mas nem todos os 21 estiveram envolvidos na discussão.Para além deste episódio, e tal como O MIRANTE noticiou, o mal-estar no Destacamento do Carregado aumentou com a presença de inspectores da Inspecção-Geral da Administração Interna (IGAI) e da Policia Judiciária Militar que investigou um incêndio. A secção atingida guardava autos de transgressão, relatórios de acidentes e outros documentos e a origem do fogo levantou dúvidas.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...