uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Pombos não transmitem vírus

Edição de 08.03.2006 | Sociedade
O MIRANTE ligou para as duas linhas de apoio disponíveis. Do 808 211 311, Linha de Saúde Pública da Direcção-Geral de Saúde, explicaram que em caso de detecção de aves mortas os locais devem ser isolados e contactados os serviços veterinários municipais. Adiantaram, no entanto, que os pombos, vivos ou aparentemente doentes, não constituem perigo por não transmitirem o vírus da gripe aviária. A outra alternativa é a consulta da linha verde de emergência para a gripe aviária, da Direcção-Geral Veterinária. O 800 207 275 não está disponível aos fins-de-semana e, nesse caso, da linha de saúde aconselharam que quem encontrar uma ave morta deve munir-se de luvas grossas de cozinha para a agarrar e colocar a ave em dois sacos de plástico. Em último caso, caso não se obtenha respostas das autoridades, PSP ou GNR, queimar a ave será a solução, indicou uma técnica.Do lado da linha de emergência da DGV, apenas nos referiram que em qualquer caso de denúncia acerca de aves mortas devem ser contactados os serviços veterinários municipais. Informação que o utente das urgências do Hospital de Santarém não conseguiu saber pelo facto de a linha estar ocupada. O número 800 207 275 é uma linha verde de emergência da Direcção-geral Veterinária para a gripe aviária. Está disponível entre as 08h00 e as 20h00, todos os dias úteis para esclarecimento de dúvidas ou comunicação de denúncias acerca de possíveis casos do vírus. O que também pode ser feito através do e-mail [email protected]

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...