uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Justiça rapidinha!

Edição de 15.03.2006 | Cavaleiro Andante
Ainda há quem se queixe da lentidão da justiça. Na quinta-feira no Tribunal de Benavente, houve uma sessão duma audiência de julgamento que durou apenas 30 segundos. E só não foi mais rápida porque os arguidos tiveram de repetir as declarações que não foram gravadas à primeira. Os dois homens viajaram do Entroncamento (60 Km) e de Almeirim (30 Km) para dizer ao colectivo de juízes se no dia dos factos estava sol ou se estava a chover. O juiz presidente encerrou a audiência e anunciou que o julgamento continua a 6 de Abril. Este procedimento tem a ver com o facto do intervalo entre sessões não poder ultrapassar os 30 dias, sob pena do julgamento ter de ser anulado e voltar ao início. Com as agendas cheias, os magistrados têm de procurar fintar as dificuldades recorrendo aos mecanismos previstos na Lei. E pelo menos desta vez ninguém pode dizer que a justiça foi lenta.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...