uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Enguia no prato em Salvaterra

Enguia no prato em Salvaterra

Até final do mês há receitas para todos os gostos

Até final do mês a enguia é rainha nos restaurantes do concelho de Salvaterra de Magos.

Edição de 15.03.2006 | Cultura e Lazer
A enguia é o prato do dia no concelho de Salvaterra de Magos até final do corrente mês. Frita, grelhada, em ensopado, em fricassé ou de outras formas que a imaginação e arte de mãos sábias proporcionam, a enguia é a rainha do paladar em dezoito restaurantes de várias freguesias do município.O Mês da Enguia não se fica pela boa mesa e inclui ainda espectáculos de animação de rua, passeios de bicicleta, provas de natação e atletismo. Além de uma Semana da Juventude, a decorrer entre 24 e 31 de Março, que inclui “espectáculos musicais, exposições, espaços de debate e workshops diversos”, refere a organização.No entanto, os eventos gastronómicos ligados à enguia podem ser prejudicados pelo excesso de pesca no rio Tejo, alertou a Câmara de Salvaterra de Magos, entidade organizadora do evento.A pesca ilegal do meixão (enguias juvenis ainda em larva que constituem um prato apetecido em Espanha) condiciona a captura de peixe graúdo. Pelo que é reclamado o reforço da vigilância das autoridades mas também maiores cuidados de integração social das famílias das zonas ribeirinhas que vivem dessa actividade.Apesar da pesca excessiva de meixão, que levou só em Janeiro à captura de 30 redes de malha fina própria para este tipo de peixe, está garantida a qualidade da enguia apresentada pelos restaurantes durante o festival gastronómico.A maior parte da enguia é pescada no rio Tejo, em muitos casos ainda através do lançamento tradicional de redes.Uma gastronomia ricaA cozinha tradicional da zona de Salvaterra de Magos não se resume à enguia. Outros peixes do Tejo, como o sável, a saboga, a fataça e a lampreia dão sabor a outros pratos que se encontram um pouco por toda a borda d’água.Da lezíria e da charneca vêm as carnes que possibilitam a confecção de deliciosos pratos como a sopa de osso, a carne da matança do porco, a tripa e o bucho, entre outros. O torricado de bacalhau é outra receita típica da lezíria que ainda pode ser degustada. E, para acompanhar, há ainda os bons vinhos tintos e brancos que se produzem no concelho.
Enguia no prato em Salvaterra

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...