uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Uma manhã a correr e a gritar

Corta Mato Distrital do Desporto Escolar contou com mais de 2.600 jovens

Os relvados do Centro Nacional de Exposições encheram-se para a disputa do corta-mato escolar das 66 escolas do distrito de Santarém. Uma manhã cheia de corridas e com muita alegria que os miúdos não vão esquecer.

Edição de 15.03.2006 | Desporto
Um pouco mais de dois mil e seiscentos jovens de ambos os sexos participaram, entusiasticamente, no Corta-Mato Distrital do Desporto Escolar, que se realizou no dia 8 de Março, no Centro Nacional de Exposições, em Santarém. Pela primeira vez estiveram em acção representantes das 66 escolas dos segundo e terceiro ciclos e do ensino secundário da região.A prova, organizada pelas Coordenações Educativas da Lezíria e Médio Tejo e pela Coordenação Local do Desporto Escolar de Santarém, teve um nível muito bom, quer ao nível organizativo quer competitivo. Disputada nos escalões de infantis, iniciados, juvenis e juniores de ambos os sexos, as partidas e chegadas a tempo e horas foram exemplo para muitas provas oficiaisOs alunos começaram cedo a inundar de alegria o Cnema. Pareciam um bando de pardais ao desatino, antes, durante e depois das provas. Nas bancadas repletas, ou espalhados ao longo do percurso, incentivavam os companheiros em prova de uma forma alegre e estridente.Ao nível competitivo, as escolas melhor apetrechadas, em alguns casos com jovens que são grandes promessas no atletismo nacional, estiveram em destaque. O Colégio de S. Miguel e o Centro de Estudos, ambos de Fátima, foram indiscutivelmente os mais fortes. Mas de Rio Maior, Cartaxo e Torres Novas vieram também boas equipas.Destaque também para a presença dedicada da delegação de Santarém da Cruz Vermelha Portuguesa, que com um grupo de dez elementos, tratou de assistir os jovens menos preparados, ou vítimas de pequenas quedas. No final da prova, Lina Neves, o mais antigo elemento da Cruz Vermelha presente, garantiu que embora não tivessem mãos a medir, não aconteceu qualquer caso grave. “Foram sobretudo más disposições, pequenos focos de hiperglicémia, porque alguns jovens vieram para aqui sem comer, ou uns arranhões de quedas, não causaram problemas”, explicou.Nacionais de andebol,basquetebol, futsale voleibol na regiãoSatisfeita com o desenrolar da prova e com o desenvolvimento do Desporto Escolar no distrito de Santarém estava a coordenadora distrital, Inês Barroso, que garantiu a O MIRANTE, que o esforço que tem sido feito tem tido êxito quer a nível de quantidade quer de qualidade. “Isso esteve bem em evidência nesta prova, em que os jovens não federados correram em conjunto com os federados, e alguns deles ficam com estas provas marcadas como uma referência para a sua vida futura”.Inês Barroso ficou duplamente satisfeita. Pela primeira vez todas as 66 escolas com desporto escolar regular estiveram presentes neste corta-mato, com um número recorde de atletas inscritos.A coordenadora do Desporto Escolar de Santarém ressalvou também que o corta-mato distrital é uma das provas com mais apetência para os jovens estudantes, porque as escolas já organizam as suas planificações para que o atletismo esteja no auge nesta altura.Inês Barroso deu, em primeira-mão, a O MIRANTE a notícia de que a organização dos Campeonatos Nacionais de Andebol, Basquetebol, Futsal e Voleibol foi atribuído à Coordenação de Santarém. Irão decorrer de 19 a 21 de Maio, em Torres Novas e Entroncamento.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...