uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

PS contesta valores de juros de dívida da autarquia

Edição de 22.03.2006 | Política
Os vereadores do PS de Santarém contestaram os valores dos juros da dívida da autarquia divulgados pela maioria social-democrata, alegando que 40 mil euros por dia corresponderiam a taxas incomportáveis para os cofres do município.Na reunião de câmara de 6 de Março, a maioria social-democrata explicou que o valor dos juros semanais referentes somente a 15 milhões de euros correspondia a 260 mil euros, perfazendo cerca de 40 mil euros por dia.Em comunicado, os vereadores do PS contestam aqueles valores alegando que os 40 mil euros por dia corresponderiam a um juro de 88 por cento, o que, a ser verdade, constitui “um caso de polícia”.Na referida reunião do executivo, nenhum vereador socialista contestou os números mencionados quer pelo presidente da câmara Moita Flores (PSD), quer pelo seu vice-presidente Ramiro Matos.Os 40 mil euros por dia correspondem sim ao serviço da dívida e ao total dos juros de mora e não apenas a 15 milhões.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...