uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Autoridades apreendem material pirata no Entroncamento e em Marinhais

Edição de 22.03.2006 | Sociedade
As autoridades apreenderam no fim-de-semana 2.836 cópias piratas de filmes e música em suporte DVD e CD. A maior apreensão ocorreu no sábado no mercado semanal do Entroncamento. A Inspecção-Geral das Actividades Culturais (IGAC) em conjunto com a PSP apreendeu a quatro comerciantes 2.236 cópias ilegais de filmes e músicas. Um deles é de nacionalidade portuguesa e os restantes são imigrantes asiáticos. No domingo, em Marinhais, a IGAC actuou com a GNR tendo interceptado um imigrante asiático que se deslocava para o mercado mensal desta vila do concelho de Salvaterra de Magos. O suspeito tinha em sua posse 600 cópias piratas, que foram apreendidas. Três dos indivíduos identificados nestas duas operações já são reincidentes. A IGAC já os tinha apanhado na semana passada numa acção efectuada no Cartaxo. Nesta operação, recorde-se foram apreendidas 1.205 cópias piratas de filmes e músicas em suporte DVD e 50 em CD. Estas operações visam controlar a proliferação de uma actividade com muita expressão no distrito de Santarém e na zona de Vila Franca de Xira. No ano passado a IGAC efectuou 112 operações no distrito de Santarém, tendo registado 77 infracções. É a segunda percentagem mais alta (68,8%) a nível nacional na relação entre o número de acções e os casos em que foram apreendidas cópias piratas de músicas e filmes. No total do conjunto de inspecções realizadas no país, Santarém representou 10,8 por cento, tendo-se retirado dos circuitos comerciais da região 27.763 cópias falsificadas.Santarém foi o terceiro distrito com mais cópias apreendidas, antecedido do Porto (28.564) e Lisboa (42.173).

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...