uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Cães geram mau ambiente

Cães geram mau ambiente

Animais negligenciados na Póvoa de Santa Iria

Dois cães maltratados estão a gerar mau ambiente na Póvoa de Santa Iria. Os vizinhos do canil pedem a intervenção da câmara em nome da saúde pública.

Edição de 22.03.2006 | Sociedade
O cheiro nauseabundo proveniente de um canil sente-se logo que se entra num beco da rua 28 de Setembro, na Póvoa de Santa Iria. Aí dois rottweilers habitam num canil pequeno demais para o seu porte, entre excrementos e mal alimentados, segundo moradores.Gracinda Fernandes, residente na zona, refere que foi “o mau cheiro intenso” que lhe chamou a atenção para o canil. “Sempre que passava por ali sentia aquele cheiro, até que no Verão passado descobri os cães. Estavam esqueléticos e mortos de sede”, refere. Desde então, alimenta os animais quase diariamente. Segundo Gracinda Fernandes, o dono tem estado ausente e o pai ficou responsável pelo tratamento dos cães. No entanto, a moradora diz que os cuidados com os cães eram poucos ou nenhuns: não eram alimentados regularmente e o canil não era limpo as vezes necessárias. Pediu, então, autorização ao pai do dono dos cães para os alimentar e, no início, a ração era comprada por ele. Actualmente, é Gracinda quem compra a ração e a carne no talho, tendo que alimentá-los através das grades, já que a porta foi, entretanto, fechada com um cadeado. Quanto à limpeza do espaço, a moradora diz que há pelo menos um mês que o canil não é limpo. Gracinda Fernandes adianta que com uma mangueira tem tentado limpar minimamente, mas não é solução, uma vez que as fezes dos animais continuam lá. Segundo a moradora, que diz ter “muita pena dos cães que são muito meigos”, esta é uma situação que não pode continuar. Apela, por isso, à intervenção da Junta de Freguesia da Póvoa ou à Câmara Municipal de Vila Franca de Xira para que encontrem uma solução. Diogo Santos, irmão do dono, contesta as acusações e garante que alimenta os dois cães e limpa o canil regularmente. Sublinhando que não houve reclamações por parte dos vizinhos devido ao mau cheiro, acrescenta que este se deve sobretudo ao quintal, e não ao canil. O MIRANTE tentou falar com outros moradores da zona, mas estes não se mostraram disponíveis para falar connosco.De acordo com o vereador Francisco Vale Antunes, quer a fiscal ambiental quer a veterinária da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, têm feito junto do responsável pelos animais “uma abordagem pedagógica”, contudo sem resultados. O vereador refere que o responsável já foi chamado à atenção relativamente à falta de higiene sanitária dos cães, bem como à necessidade de colocar os chips de identificação.Por não haver abertura, a autarquia decidiu solicitar um parecer jurídico aos serviços internos para, posteriormente, oficiar o responsável pelos animais.
Cães geram mau ambiente

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...