uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Da marcha para o palco

Susana Feitor participa em peça de teatro em Rio Maior

A atleta Susana Feitor vai participar sábado numa peça de teatro em Rio Maior, no intervalo entre estágios de altitude nos Estados Unidos e Serra Nevada.

Edição de 22.03.2006 | Sociedade
A sala polivalente da Biblioteca Municipal de Rio Maior está transformada num camarim. É noite de segunda-feira. O grupo de teatro “Quem Não Tem Cão” prepara o segundo espectáculo – “Azul”.Ao fundo, descontraidamente sentada numa cadeira, está a atleta olímpica de marcha atlética Susana Feitor, uma filha da terra. Foi uma das primeiras a chegar ao ensaio e está da forma mais confortável possível. Sapatilhas e fato de treino.É esta a explicação para a campeã ter aceite uma participação especial na peça ao lado de outras personalidades da terra – um actor, uma bailarina e uma fadista. Vai vestir o papel a que está habituado: o de atleta.De repente as movimentações acentuam-se. O ensaio para o espectáculo que estreia sábado, no mesmo local, está quase a começar. Susana Feitor aproxima-se do encenador Rui Germano com duas ou três peças de competição, cor da selecção nacional.Ao peito está inscrito o nome de Portugal que a atleta tem defendido. “Assim está bem. Tem mais cor”, aprova o director de cena. Susana corre até à cadeira para vestir o casaco enquanto não chega a vez da sua deixa.O seu papel não tem texto, ao contrário da maioria do elenco de “Azul”. Com a marcha Susana Feitor vai representar o esforço e a dedicação que o ser humano põe num objectivo sempre que quer chegar à meta.“Vou tentar ser o mais espontânea possível”, confessa a atleta. Mesmo no ensaio os nervos começam a estar à flor da pele. A primeira entrada em palco da atleta, que nunca participou “sem sequer em grupos de teatro da escola”, vai ser mais dolorosa que as corridas de competição internacional em que tem alinhado.A participação especial na peça vai acontecer durante um intervalo de estágios de altitude nos Estados Unidos e Serra Nevada.Os estados de alma de “Azul” começam a ser retratados em palco. O amor, a loucura, o fado, a paixão. Ditos em gestos e poemas de vários autores portugueses. De repente entra em palco Susana Feitor. A atleta dá três voltas. O semblante carregado pelo esforço de uma longa marcha. Um grupo de pessoas aplaude. A atleta alcança a meta e é levada em ombros pelos populares.Para segunda vez o ensaio está perfeito. A prova de fogo está marcada para 25 de Março, às 21h30. Em vez de adeptos fervorosos do desporto Susana Feitor enfrentará uma plateia ávida de cultura e teatro.Ana Santiago

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...