uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Os parabéns da junta

Os parabéns da junta

Presidente de Alburitel não se esquece dos aniversários dos fregueses

Se residir em Alburitel, Ourém, não fique espantado se no dia do seu aniversário encontrar no correio um postal de felicitações da junta de freguesia local.

Edição de 22.03.2006 | Sociedade
“A junta de freguesia quer felicitá-la pela passagem de mais um aniversário e formula votos para que este dia se repita por muitos anos”. A mensagem, da Junta de Freguesia de Alburitel, concelho de Ourém, é enviada em forma de postal para casa de cada um dos 1050 eleitores, no dia do seu aniversário.Só em selos, a junta gasta cerca de 300 euros, a que terá de juntar-se a cartolina, rosa para as senhoras, azul para os homens, e o custo dos tinteiros. O postal é artesanal, feito pelos próprios funcionários da junta e a mensagem do presidente impressa nos computadores da autarquia.O pequeno pedaço de cartolina, dobrado em dois, com o símbolo da junta por trás, é personalizado com a assinatura do presidente e começou a ser enviado logo que Elias Dias da Silva tomou posse. “Estou a fazer o que prometi na campanha eleitoral – ser uma junta de proximidade”, referiu o autarca a O MIRANTE.O custo da iniciativa não pesa no orçamento da junta, garante o presidente. “Se se gastarem 500 euros e houver satisfação por parte dos eleitores então é um bom investimento”, diz Elias Dias da Silva, que nega ter outras intenções, nomeadamente políticas, para além de ver a população satisfeita.Também a população parece não associar o postal a qualquer propaganda eleitoral, vendo-o mais como um “mimo” autárquico.“É uma boa iniciativa, porque é sempre agradável receber uma lembrança no dia do aniversário” diz a filha de Maria de Lemos Henriques, uma das recentes contempladas. A idosa, que fez 80 anos a 3 de Fevereiro, não cabia em si de contente por “alguém se ter lembrado” do seu aniversário.A filha, também Maria, refere serem os idosos a ficar mais sensibilizados com a iniciativa, porque relembram o tempo em que as pessoas se comunicavam por carta, um acto que diz ter caído em desuso.“São poucos os que hoje enviam postais de felicitações, preferem telefonar, e os mais novos utilizam quase já só o computador”.Considerando que “há dinheiro público mais mal gasto”, Maria espera também receber o seu postal, no dia do seu aniversário. “É um mimo”.Também isso acha o presidente. “É muito importante que as estradas sejam arranjadas e que os habitantes vivam com boas condições, mas também é importante sentirem que o elenco da junta de freguesia está com elas, nos bons e nos maus momentos”, refere o presidente da autarquia.Que não dispensa também uma palavra de apreço à família de um eleitor falecido, nem a sua presença no funeral. “Mais do que membros da junta, somos membros desta comunidade e agimos sempre com esse espírito”.Margarida Cabeleira
Os parabéns da junta

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...