uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Câmara de Coruche quer premiar o mais activo

Autarquia quer chamar cada vez mais pessoas à prática de actividade física
Edição de 29.03.2006 | Desporto
A Câmara Municipal de Coruche, através do seu serviço de desporto, lançou recentemente a Caderneta do Desportista. Um documento que para além de indicar a calendarização das actividades físicas e desportivas promovidas pela autarquia, serve para a atribuição do prémio “O Mais Activo”, que pretende distinguir o desportista que alcance maior número de participações nessas actividades.Segundo o vereador com o pelouro do Desporto, Nelson Galvão, a ideia de lançar a caderneta foi a de chamar cada vez mais pessoas à prática de actividade física. “Não queremos colocar as pessoas a competir, mas pretendemos que se mexam com maior assiduidade, porque isso é primordial para a saúde da população”, referiu.A caderneta, que é distribuída gratuitamente, é como que um passaporte, onde em cada participação é colocado um carimbo. No final de cada trimestre, é premiado com um livre-trânsito de um mês para entrada na Piscina Municipal, o munícipe que obtiver maior número de carimbos. No final do ano o vencedor terá direito a um livre-trânsito de dois meses nas piscinas. “É um prémio meramente simbólico, porque não é nossa intenção fazer atletas de competição”, garantiu o vereador.A ideia é também a de envolver toda a comunidade e agentes de desenvolvimento local, na promoção e organização das diferentes iniciativas. “É como que fazer o lançamento de sementes para que no futuro surjam mais pessoas a participar e a organizar novas actividades”, disse Nelson Galvão.A caderneta pode ser solicitada por todas as pessoas residentes no concelho de Coruche. Basta para isso que se desloquem ao serviço de desporto da autarquia, ou que a solicitem nas provas desportivas que se vão efectuando pelo concelho.Segundo o vereador, a adesão está ser um êxito. “Embora ainda esteja no início, já dá para ver que vai ser um êxito. As pessoas estão a aderir em bom número e já foi possível ver em algumas acções participantes que não se viam com regularidade”, referiu Nelson Galvão.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...