uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Liga para a Protecção da Natureza fala em tropeção

Edição de 29.03.2006 | Economia
A suspensão do pagamento das medidas agro-ambientais este ano, medida aplicada pelo ministro da Agricultura, Jaime Silva, significa para a Liga para a Protecção da Natureza (LPN) um “tropeção numa agricultura que se pretende que seja sustentável”. As medidas agro-ambientais, recorda a LPN em comunicado, representam um “passo importante que foi dado em prol do ambiente e que, com o passar dos anos, passou a fazer parte do quotidiano dos agricultores da União Europeia”. Para a LPN é importante a continuidade das medidas em 2006, “dado que algumas desempenham um papel verdadeiramente crucial na protecção ambiental das áreas rurais, da sua biodiversidade e do seu desenvolvimento sustentável”. Tal como a Confederação da Agricultura Portuguesa (CNA), a Liga defende também a correcção da área máxima elegível para candidaturas com menores benefícios ambientais, de modo a que seja viável a continuidade das medidas agro-ambientais. Sugere ainda uma reformulação das prioridades, apoiando em primeiro lugar as medidas que mais contribuem para a preservação do ambiente.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...