uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Faenas de Inverno II

“Faena Olívia Patroa” para o Presidente da Assembleia Municipal de Torres Novas, Manuel Piranga, que passou recentemente a acumular estas funções com a de acessor do presidente da Câmara António Rodrigues, passando assim a ser simultaneamente, fiscalizador da Câmara e subordinado nesta!

Edição de 29.03.2006 | Opinião
E como o prometido é devido, aqui estamos nós para atribuir as últimas distinções sazonais, neste tempo de calendas primaveris. E como muitas vezes acontece, os últimos são os primeiros. Por mérito próprio, como se verá:“Faena manhosa” para Rui Manhoso, Presidente da Associação de Futebol de Santarém em entrevista ao site desta instituição, ao afirmar muito sisudo: “Esperemos que a revolução de mentalidades dos dirigentes desportivos passe também por uma atitude de maior compreensão para com estes homens”Ó meu amigo! O problema de muitos dirigentes desportivos deste País não é, propriamente, a falta de compreensão para com eles! Pelo contrário, compreendê-mo-los, até, bem demais!“Faena do equívoco” para Ramiro Matos vereador e presidente da concelhia laranja de Santarém, ao afirmar, a dado ponto, na campanha tendente à sua reeleição partidária: “cumprimos o fim a que nos propusemos, que era ganhar a Câmara de Santarém”.E eu que pensava que quem tinha ganho a Câmara era o Dr. Moita Flores! O tal que foi independente, nunca se assumiu como candidato do PSD e, ignominia das ignomínias é considerado como tendo ganho a Câmara,... apesar do PSD!!As coisas que a gente pensa!Faena jurássica para o W Shopping de Santarém pela recente Exposição de Dinossauros. Finalmente a fauna autárquica distrital foi objecto de uma meritória e pedagógica distinção. Consta que o dito foi um êxito, até porque a qualidade das peças expostas permitiu, aqui e ali, visualizar por entre os fácies reptilianos, esboços fisionómicos bem conhecidos. E era ver as criancinhas chegando-se mais às mães, enquanto apontavam, gritando, num misto de terror e de euforia da descoberta! Olha mãe! Olha o barbudo do Sousassaurus! Olha o Triceramendes! Olha o Ganhãossaurus!“Faena manjedoura de ouro”, para a Direcção do Santuário de Fátima que continua a facturar como gente grande! Aliás, neste país, pelos vistos, apenas o dito, as instituições bancárias e um outro tipo de negócio que me dispenso de referenciar, continuam impassivelmente a dar lucro!Poder-se-á dizer, assim, que estes personificam, de alguma forma, a versão contemporânea dos famigerados 3Fs (que o Estado Novo elevou a desígnios nacionais), transformados agora nos, mais pragmáticos, ainda, 3Ds: Deus, Dinheiro e,... chamemo-lhe assim, Deboche!“Faena Olívia Patroa” para o Presidente da Assembleia Municipal de Torres Novas, Manuel Piranga, que passou recentemente a acumular estas funções com a de acessor do presidente da Câmara António Rodrigues, passando assim a ser simultaneamente, fiscalizador da Câmara e subordinado nesta!Extraordinário foi o argumento que o mesmo utilizou para justificar tão incompatíveis funções: ”o cargo que vou desempenhar enquadra-se no espírito das minha funções enquanto presidente da Assembleia Municipal. São também funções de fiscalização e não me parece que exista alguma incompatibilidade ética ou política”Pois é amigo Piranga, mas há uma diferençazinhaNum caso trata-se de fiscalizar a Câmara! No outro, de fiscalizar na Câmara!P´ecebe!“Faena da perspicácia” para o antigo vereador da Câmara Municipal de Santarém, Manuel Afonso, agora que uma vistoria apurou que a famigerada “Casa da Portagem” sofre de deficiências estruturais! Assim se percebe, finalmente, porque o anterior executivo a dotou de um projecto de reconstrução sem tecto. Porque a dita, como agora se prova, pura e simplesmente não aguenta o tecto! Agora se percebe, também, porque o meu amigo quis, há um par de anos atrás, deitá-la abaixo “por razões de segurança”!A verdade é que se o seu conselho tem sido seguido, a mesma não apresentava agora as tais “graves deficiências estruturais”! Essa é que é essa!E eu, que tão lesto fui a criticá-lo, assumo aqui, humildemente, o meu erro!Bem aventurados os humildes, porque alcançarão misericórdia!E fiquemo-nos com este exemplar acto de contrição, que prova que, ao contrário do Presidente Cavaco, às vezes engano-me (embora raramente, é certo) e, outras vezes, até tenho dúvidas; embora, naturalmente, muito ligeiras!

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...