uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Parque urbano de Benavente adiado

Parque urbano de Benavente adiado

Dificuldades do empreiteiro obrigam a prorrogação do prazo

As obras do parque urbano de Benavente recomeçaram depois de vencidas algumas dificuldades do empreiteiro. O prazo derrapou, mas a câmara garante não vai haver derrapagem do custo.

Edição de 29.03.2006 | Sociedade
As obras de requalificação do parque 25 de Abril, em Benavente, sofreram nova derrapagem de prazos e só devem ficar concluídas no final de Maio. A previsão de inaugurar a obra no dia da Liberdade caiu por terra.Segundo o vice-presidente da Câmara Municipal de Benavente, Carlos Coutinho, os sucessivos atrasos devem-se a problemas com a empresa responsável pela obra. O autarca explicou que a Acoril empreiteiros SA entrou em dificuldade e deixou de cumprir algumas das suas obrigações. A situação obrigou alguns sub-empreiteiros a suspender os trabalhos.Depois de várias reuniões, as obras recomeçaram, embora num ritmo lento. “Espero que o acordado entre a câmara e a Acoril seja cumprido, a câmara é bom pagador e paga sempre nos prazos, por isso, não pode ser prejudicada pela situação da empresa”, disse o vice-presidente.O MIRANTE contactou a sede da sociedade Acoril, mas os administradores não estiveram disponíveis para esclarecer a situação. Entretanto, segundo apurámos, os problemas financeiros da Acoril estão a ser ultrapassados e a sociedade deverá ter condições para concluir as obras que assumiu em vários pontos do país. O parque urbano de Benavente é uma obra adjudicada por 1 milhão e 147 mil euros e foi financiada em 65 por cento pelo Fundo de Desenvolvimento Regional (Feder).Parque moderno e com vidaO espaço do antigo jardim e parque infantil será todo requalificado e transformado num parque “moderno” e “acolhedor” para três gerações.Uma alameda em calçada entre duas cortinas de árvores irá conduzir os visitantes até à Igreja de Nossa Senhora da Paz que foi beneficiada recentemente.Os mais pequenos vão poder desfrutar dos brinquedos num moderno parque revestido a borracha e areia, dum espaço relvado com desníveis para actividades físicas e dum polivalente para jogos e actividades mais radicais. Enquanto as crianças brincam, os pais e avós podem aproveitar espaços de descanso ou tomar uma bebida e saborear um petisco na esplanada da comissão de festas.Um jogo de água remodelado e iluminado vai conferir maior frescura nas tardes de Verão junto da esplanada e o coreto mantém-se como símbolo da história e espaço de animação. Será colocada uma moderna casa de banho adquirida pela junta de freguesia e pela câmara. A maior parte das árvores de grande porte, que formam um maciço denso e asseguram a sombra todo o ano, ficam para garantir frescura. Em contraste com o jardim sombrio é proposto a Norte da Alameda o jardim da luz, num espaço onde a arborização existente é menos densa originando uma clareira.O jardim terá sete acessos que aproximam as pessoas provenientes de várias localizações da vila. Na entrada principal os torreões existentes são recuados para o interior do jardim, ampliando deste modo a praceta da recepção. A área pavimentada será reduzida em 30 por cento e o espaço mais nobre será valorizado com a colocação de pedra de vidraço.O vice-presidente da câmara considera que o parque vai ficar mais atractivo. “Será um espaço agradável de convívio da nossa população que vai dignificar a vila”, conclui. O autarca garantiu que a obra não irá ter derrapagem de custos dado que não houve alterações do projecto, erros ou omissões e todos os atrasos são da responsabilidade do empreiteiro.Nelson Silva Lopes
Parque urbano de Benavente adiado

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...