uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Pedro Moreira

42 anos, mecânico de automóveis, Chamusca

“A minha mulher trabalha tantas ou mais horas que eu, por isso é necessário que a ajude nas tarefas domésticas dentro das minhas possibilidades. Mas é sempre uma ajuda muito pequena, porque nós homens somos uns nabos a tratar das coisas da casa”

Edição de 05.04.2006 | Agora falo eu
O espectro da gripe das aves preocupa-o?Preocupa-me um pouco. Penso que temos que estar atentos, porque mais tarde ou mais cedo vai cá chegar. No entanto também penso que a situação não é tão grave como nos querem fazer crer. É uma boa publicidade para o Tamiflu.Quer dizer que ainda não deixou de comer carne de aves?Não. Hoje o almoço vai ser mesmo frango assado. Não deixei de comer nem vou deixar tão depressa. Só o farei quando me provarem que isso é mesmo uma necessidade.É apostador habitual do Euromilhões?Sou. Mas sou fraco apostador. Jogo todas as semanas seis euros, e não me dou ao trabalho de estar a preencher um boletim, chego e peço o que sair na máquina.Se lhe saísse o jackpot nunca mais pensava em trabalhar?Não seria bem assim. É claro que não trabalhava como trabalho hoje, mas tinha que arranjar alguma coisa com que me entreter.O que torna uma mulher mais sensual: o que se vê ou que se adivinha?Mais do que o que se vê, é o carácter e a maneira de ser e a inteligência que tornam a mulher mais ou menos sensual. Sensualidade não quer dizer sexualidade. Uma mulher sensual pode ser muito mais do que isso.Acredita em espíritos da outra vida?Não. Acredito e tenho receio é de alguns “amigos” desta vida. Quem nos deixa não nos pode fazer mal nem bem.Participa habitualmente nas tarefas domésticas?Claro que sim. A minha mulher trabalha tantas ou mais horas que eu, por isso é necessário que a ajude dentro das minhas possibilidades. Mas é sempre uma ajuda muito pequena, porque nós homens somos uns nabos a tratar das coisas da casa.Já foi dirigente de alguma colectividade?Já. E foi uma experiência muito interessante. Infelizmente, havia pessoas a trabalhar e outras que só apareciam em alturas festivas para se mostrar. Foi uma colectividade que, com muita pena minha fechou, mas que deixou muitas recordações na Chamusca.Vão ser instalados no concelho da Chamusca dois aterros de resíduos perigosos. Está suficientemente esclarecido sobre esse assunto?Não. Sei que já houve uma reunião de esclarecimento sobre o assunto, mas só soube que isso tinha acontecido por O MIRANTE. Parece-me que tem sido tudo muito cozinhado fora do alcance das pessoas.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...