uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Paula Teixeira estreia-se ao som dos Xutos&Pontapés

Paula Teixeira estreia-se ao som dos Xutos&Pontapés

“Sexta-feira 13” na Toyotabox nas Docas de Alcântara

A intérprete de língua gestual, Paula Teixeira, é dançarina, cantora e actriz em “Sexta-feira 13”. Um musical dos anos 80 ao som dos Xutos&Pontapés.

Edição de 05.04.2006 | Cultura e Lazer
Uma rapariga típica dos anos 80, meias de rede preta e cabelo ao vento. É assim “Maria João”. A personagem encarnada pela cantora e intérprete de língua gestual, Paula Teixeira, residente no Sobralinho, Vila Franca de Xira.Em “Sexta-feira 13” a cantora que ficou conhecida pelas músicas da novela portuguesa “Morangos com Açúcar” contracena com Sérgio Lucas, um dos “ídolos” do programa de televisão. O musical encenado por António Feio, com música dos Xutos&Pontapés, está há um mês em cena na Toyotabox, nas Docas de Alcântara, em Lisboa.Nos castings de Novembro, Paula Teixeira sobressaiu de entre 300 pessoas e foi escolhida para vestir a pele de uma das protagonistas. Ao lado de outros 15 actores.Para a cantora, que nunca tinha pisado um palco para dançar ou representar, esta é uma verdadeira aventura. “Tem sido uma experiência muito enriquecedora e gratificante”, garante a cantora e actriz.Encarnar a jovem rebelde foi um trabalho de grande dedicação efectuado ao longo de dois intensos meses de ensaios. “Em Portugal é um projecto pioneiro. Nunca se tinha realizado um musical deste gabarito. O cenário é amovível, o público interage, a banda toca e nós cantamos ao vivo. É fora do comum”, explica entusiasmada Paula Teixeira, que já se deixou arrebatar por esta forma de expressão.O espectáculo, com texto de Eduardo Madeira e direcção musical de Renato Jr., é também uma homenagem aos míticos do rock português, que se estrearam a sexta-feira, 13 de Janeiro de 1979.  É o Portugal dos anos 80 no seu melhor. “Sexo, drogas e Rockville”. Quatro amigos fazem desta trindade o seu lema de vida. E de morte. Dos quatro apenas dois se salvam. Um pela namorada, que desce ao inferno para o resgatar para a vida. “Maria João” é a namorada do líder do clube. Acredita que “Um dia o sol brilhará”. Afasta os elementos do grupo das drogas e chama-os ao mundo real.“Ao fundo da rua” ouve-se a música dos Xutos. A lembrar as histórias de juventude, amizade, sonhos desfeitos, angústia e amor. O espectáculo de quase duas horas pode ser visto de terça a domingo, às 21h30, no palco sempre em mutação da Toyotabox.  Ana Santiago
Paula Teixeira estreia-se ao som dos Xutos&Pontapés

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...