uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Três Ribatejanos apurados para o mundial

Grande Prémio de Marcha Atlética de Rio Maior

Os atletas estrangeiros venceram, mais uma vez, o Grande Prémio Internacional de Rio Maior em Marcha Atlética. Para os portugueses ficou a consolação dos mínimos para o Europeu e o apuramento para a Taça do Mundo. Susana Feitor, Inês Henriques, João Vieira e Diogo Martins foram os ribatejanos em maior destaque.

Edição de 05.04.2006 | Desporto
Susana Feitor, Inês Henriques e João Vieira, todos do Clube de Natação de Rio Maior (CNRM), estiveram em bom plano no 15º Grande Prémio Internacional de Rio Maior em Marcha Atlética, conseguindo o apuramento para os Campeonatos da Europa, que se disputam de 07 a 13 de Agosto, em Gotemburgo, Suécia.Dos três atletas riomaiorenses, Susana Feitor foi a que esteve em melhor plano na prova que se realizou no sábado à tarde pelas ruas centrais da cidade, terminando os vinte quilómetros femininos na sexta posição, logo seguida de Inês Henriques, que realizou uma grande prova, realizando a sua melhor marca pessoal deste ano.Na prova masculina, João Vieira foi o nono classificado, embora um pouco distante da sua melhor marca deste ano e do seu recorde pessoal. Mais abaixo, mas com boas prestações ficaram mais dois ribatejanos. Diogo Martins, da Casa do Povo de Alcanena (CPA), foi 16º e bateu o seu recorde pessoal por sete segundos. Sérgio Vieira, irmão gémeo de João Vieira, conseguiu também a sua melhor marca do ano, concluindo a prova no 21º lugar.Os vencedores vieram do estrangeiro. Nos homens, o espanhol Francisco Fernandez repetiu a vitória do ano passado. O atleta, que é vice-campeão olímpico e mundial, liderou a prova, isolado, desde o início e só na parte final permitiu a aproximação do russo Iliya Markov, terminando, ainda assim, com menos cinco segundos que Markov e menos 13 que o australiano Luke Adams, terceiro classificado.Nas senhoras, a biolórussa Ryta Turava esteve na liderança durante algum tempo mas acabou por desistir, permitindo uma vitória fácil da alemã Melanie Seegar, que concluiu a prova com 45 segundos de vantagem sobre a romena Cláudia Steff.Além do apuramento para os campeonatos da Europa, João Vieira (CNRM) e Diogo Martins (CPA) garantiram a presença na selecção nacional que de 13 a 14 de Maio vai disputar a Taça do Mundo de Marcha, a realizar na Corunha, Espanha. Susana Feitor, Inês Henriques e Vera Santos, uma riomaiorense a correr pelo JOMA, também estão apuradas para a Corunha. Refira-se que Vera Santos não terminou a prova de Rio Maior mas poderá ainda conseguir mínimos para os campeonatos da Suécia. O 15º Grande Prémio Internacional de Rio Maior em Marcha Atlética foi a quarta prova do 4º Challenge Mundial de Marcha da Federação Internacional de Atletismo (IAAF).Satisfação geralNo final da prova, apesar do cansaço ainda evidente, Susana Feitor não regateou a ninguém os cumprimentos, autógrafos e pedidos de fotografia feitos pelos fãns. Numa prova marcada por um calor intenso para a época, a medalhada com bronze nos últimos mundiais de atletismo referiu à nossa reportagem que só com muito esforço conseguiu forças para terminar no sexto lugar.“Veio mesmo cá de dentro. Ainda bem que a Inês estava ali, porque se eu tivesse sozinha, se calhar tinha gerido o lugar e tinha uma classificação pior”, comentou a atleta, que andou uma boa parte da prova atrás de Inês Henriques mas que na parte final da corrida, teve uma boa recuperação terminando um lugar à frente. Ainda assim Susana elogia a colega, que considerou ser uma óptima lição para quem estuda e anda na faculdade. “Ela é uma prova de como se podem conciliar os estudos e o treino”, reforçou.Susana Feitor realizou esta prova em Rio Maior longe da melhor forma. Está entre dois estágios em altitude, preparando-se para estar no seu melhor em Agosto, quando se realizarem os campeonatos da Europa.“Quando preparámos a época e pensámos em eliminar uma grande parte do trabalho até ao final de Janeiro foi a pensar proteger-me para o fim porque a minha carreira tem demasiadas lesões para o meu gosto e as pessoas já diziam que era da minha cabeça e que andava sempre nisto. O ano passado experimentámos começar mais tarde e acabei a época com uma medalha”, recordou Susana Feitor que quer estar no seu primeiro pico de forma já em Maio, na Taça do Mundo.Inês Henriques conseguiu mínimos para os europeus e isso foi motivo suficiente para a sua satisfação. No entanto não esconde que a última volta foi muito complicada e admite que se deslumbrou um pouco pela hipótese de ganhar a Susana Feitor.Respondendo ao elogio da sua colega e amiga, que a considerou um excelente exemplo para quem estuda e treina ao mesmo tempo, Inês Henriques diz que não é nada fácil. “Tem sido muito difícil. Esta semana fui duas vezes à aulas. Fui fazer uma frequência e só estudei metade da matéria e saiu a outra metade que não tinha estudado. Agora vou estar um mês e meio fora a estagiar e já avisei que não volto à escola antes do meio de Maio.João Vieira precisou de uns bons cinco minutos para recuperar do esforço. Visivelmente desgastado pelo calor que se fez sentir, o atleta do CNRM, que ficou satisfeito com o seu tempo nesta altura da época, não poupou críticas ao percurso que no seu entender não está nada bom. “O piso está péssimo. É muito irregular e dá cabo das pernas”.O atleta vem também de um estágio em altitude e esta semana vai para outro e quer regressar à sua melhor forma depois de na época passada ter estado um pouco apagado. A Taça do Mundo, em Maio, e o Campeonato da Europa, em Agosto, serão os seus objectivos da época.Jorge Guedes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...