uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Abertura a meio gás

Abertura a meio gás

Só 120 lugares do parque de estacionamento do pavilhão de Tomar estão disponíveis

O parque de estacionamento do pavilhão municipal de Tomar vai abrir ao público, apesar dos defeitos de construção.

Edição de 05.04.2006 | Sociedade
O parque de estacionamento subterrâneo do pavilhão municipal vai finalmente abrir ao público, um ano depois da data inicialmente prevista. A decisão foi tomada na quinta-feira, na reunião do conselho de administração da empresa gestora do programa Polis de Tomar. Agora fica só a faltar luz verde por parte da câmara, o que deverá acontecer na próxima reunião do executivo.Dos 300 lugares de estacionamento previstos, só 120 lugares irão ficar disponíveis para já. De acordo com o presidente do município, António Paiva (PSD), o estacionamento que irá abrir ao público fica situado num espaço que não “mete água”. As fendas no pavimento do parque, que deixam passar a água dos veios freáticos ali existentes, têm sido uma autêntica dor de cabeça. Depois de tentar minimizar a questão, o executivo camarário acabou por divulgar publicamente o resultado de uma análise efectuada pela faculdade de engenharia de Coimbra que “arrasa” completamente a obra.Em face do documento o executivo municipal deliberou encomendar relatórios que apontassem uma solução para o problema a várias entidades, nomeadamente ao Instituto Superior Técnico (IST) e ao Laboratório Nacional de Engenharia Técnica Industrial (LNETI).Estudos que estão já em poder da empresa Polis e do presidente da Câmara de Tomar. António Paiva confirmou-o, avançando que antes de serem apresentados os documentos terá de haver uma reunião conjunta com as várias entidades que os elaboraram.“As análises apontam várias propostas de solução do problema por isso temos de reunir e escolher a mais correcta”, disse a O MIRANTE o presidente do município.Simultaneamente à abertura dos 120 lugares de estacionamento subterrâneos, a autarquia vai também proceder à abertura oficial do pavilhão municipal. O espaço tem funcionado pontualmente, para vários eventos, mas ainda não está devidamente licenciado.“Falta a vistoria final dos bombeiros”, afirmou António Paiva, adiantando que irá a uma próxima reunião do executivo a proposta do auto de recepção final do pavilhão. Que ainda não foi feita pelo facto de a vistoria em falta dizer respeito ao conjunto da obra – pavilhão e parque.Margarida Cabeleira
Abertura a meio gás

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...