uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Fuga de gás solucionada sem pânico

Fuga de gás solucionada sem pânico

Cerca de mil jovens presentes no Centro de Formação de Tomar não se aperceberam
Edição de 05.04.2006 | Sociedade
Sexta-feira, 11h20, recinto exterior do Centro de Formação Profissional de Tomar. No Dia do Formando há perto de mil alunos a deambular pelo espaço, à espera do almoço. E uma fuga de gás no depósito da Petrogal, situado junto ao ringue da escola.A fuga foi detectada minutos antes pelo serviço de manutenção do centro, que pediu a ajuda do professor de higiene e segurança no trabalho. Jacinto Duarte chamou o piquete da empresa distribuidora e, enquanto os técnicos não vinham, organizou a evacuação dos automóveis estacionados na zona.Com muita calma, o formador foi chamando os proprietários dos veículos estacionados ali perto, sem demonstrar o mínimo de pânico. “Quero esta zona toda desimpedida”, disse em tom calmo para o homem da manutenção.Para a repórter de O MIRANTE pede - “não chame muito as atenções”. Para não estragar a festa dos estudantes. “Se se gerasse o pânico...” diz, deixando o resto da frase perder-se no ar.Um dos seguranças do centro de formação veio dar uma ajuda à “limpeza” daquela zona, ajudando alguns automobilistas a fazerem a manobra.Antes do meio-dia a fuga estava controlada, sem a ajuda dos técnicos da empresa petrolífera, que ainda não tinham chegado. O almoço foi servido à hora certa a mais de mil pessoas – entre formandos, formadores e pessoal administrativo e auxiliar da escola – que estavam no recinto. Poucas foram as que se aperceberam que, minutos antes, tinha existido uma fuga de gás no local.
Fuga de gás solucionada sem pânico

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...