uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Ladrões traídos pela carteira

PSP detém dois brasileiros que assaltaram taxista em Vila Franca de Xira

Dois imigrantes suspeitos de terem assaltado um taxista em Vila Franca foram presos em Azambuja. Um dos cidadãos deixou a carteira caída no carro que abandonaram horas depois e facilitou a vida da polícia

Edição de 05.04.2006 | Sociedade
Dois brasileiros suspeitos de assaltarem um motorista de táxi de Alverca, foram detidos na quinta-feira, em Azambuja, na passada semana, por agentes das Brigadas de Investigação Criminal (BIC) da PSP de Vila Franca de Xira. Os dois meliantes, sob a ameaça de um x acto, roubaram a viatura ao taxista, em Torre de Cima e Capelas, Vila Franca de Xira, no dia 25 de Março. Depois abandonaram o carro no mesmo dia, junto à estação de caminhos de ferro de Alhandra.Na sequência da queixa apresentada pela vítima, as brigadas da PSP desenvolveram diligências que lhes permitiram chegar aos suspeitos, residentes em Azambuja, um dos quais se preparava para viajar para o Brasil.Durante o assalto, um dos homens deixou cair a carteira com os documentos dentro do veículo, o que facilitou o trabalho dos agentes das BIC.Através de um dos documentos, foi possível à polícia saber que o indivíduo tinha residência em Azambuja, acabando os dois suspeitos por serem detidos.Segundo fonte da PSP, um dos brasileiros estava prestes abandonar o País “tinha já a reserva feita, faltando-lhe pagar parte da viagem para o Brasil”, adiantou fonte policial. O outro estava de partida para o Algarve.A rapidez da acção da polícia permitiu, além da detenção dos dois suspeitos, recuperar as chaves da viatura, o telemóvel e a carteira com os documentos do dono do carro, assim como a apreensão do x acto, com 24 centímetros, que terá sido usado no assalto.Por haver perigo iminente de fuga, e dado a gravidade do crime de que são suspeitos, os mandados de detenção dos dois homens, foram emitidos pelo comandante da esquadra da PSP de Vila Franca de Xira.Os dois brasileiros, de 25 e 29 anos, um natural do Recife e outro de Minas Gerais, foram presentes ao Tribunal de Vila Franca de Xira, que decretou a sua prisão preventiva, recolhendo ambos ao Estabelecimento Prisional de Lisboa, onde vão aguardar julgamento.José Bernardes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...