uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

João Paulo Martins é o novo presidente

Clube Desportivo de Torres Novas tem nova direcção
Edição de 12.04.2006 | Desporto
O Clube Desportivo de Torres Novas tem nova direcção. A Assembleia reuniu no dia 7 de Abril, para eleger, por aclamação, os corpos gerentes para o biénio 2006/2007, aprovar as contas de gerência de 2005 e ratificar um empréstimo feito pela anterior direcção. Foi uma assembleia histórica no clube torrejano, porque estiveram presentes quase uma centena de associados. Não houve qualquer contestação às contas ou ao empréstimo feito pela anterior direcção e, finalmente, apareceu a tempo e horas um grupo de pessoas dispostas a levar por diante o carismático clube de Torres Novas.Os sócios presentes elegeram como presidente da direcção João Paulo Martins que, em conjunto com os restantes eleitos, se propõe levar a cabo várias iniciativas para reorganizar o clube. “Tenho um projecto e conto com um grupo de pessoas dispostas a trabalhar para levar o Torres Novas de volta aos seus tempos áureos”, disse no final o presidente eleito.No entanto João Paulo Martins, que não quis fazer grandes declarações, garantiu apenas que ele e os seus companheiros de lista, estão conscientes das dificuldades que vão encontrar, e por isso mesmo estão preparados para as enfrentar e resolver.Por sua vez o presidente cessante, Manuel Piranga, mostrou também uma grande satisfação em ver aparecer gente jovem com vontade de trabalhar em prol do clube, e demonstrou também o seu agrado por ver um tão grande número de sócios na assembleia. “É uma prova de que o Clube Desportivo de Torres Novas está vivo”, garantiu.Manuel Piranga, que se colocou à disposição dos novos directores para os ajudar sempre que fosse necessário, garantiu que a situação financeira do clube é agora muito melhor do que há dois anos atrás, e explicou o porquê da contracção do empréstimo bancário.Segundo ele teve que ser efectuado porque houve necessidade de acabar com uma conta caucionada, que o banco já não podia manter por mais tempo. “Foi por isso que tivemos que efectuar o empréstimo, pelo qual o clube vai pagar uma prestação mensal de cerca de 950 euros, ao longo dos próximos seis anos. Não tivemos alternativa, o empréstimo teve que ser feito”, garantiu. E os sócios presentes compreenderam e não colocaram qualquer obstáculo, aprovando a ratificação por larga maioria e sem votos contra. Entretanto os corpos gerentes eleitos são os seguintes:Assembleia-geral: João Carlos Lopes, Pedro Miguel Henriques, Célia Maria Mouzinho, Margarida Maria Gonçalves e José Carlos Correia. Direcção: Presidente, João Paulo Martins; José António Fragata, Vítor Manuel Antunes, José António Vieira, Gonçalo José Azevedo, Joaquim Manuel Carvalho, Vítor Manuel Batista, Luís Miguel Sousa e Rui Manuel Lopes.Conselho Fiscal: Presidente, Virgílio Duque Vieira, João Paulo Samartinho, Paulo José Vieira, Paulo Alexandre Carreira e Tiago Ribeiro Ferreira.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...