uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
A qualidade também se constrói

A qualidade também se constrói

Empreitolar – Empresa de Construção Civil

Quando era mais jovem desejava crescer depressa para construir casas. E o sonho acabou por concretizar-se, como se concretizam os sonhos de pessoas determinadas. Fernando Junqueira, natural de Pombal, começou por ser Desenhador da Construção Civil. Em 1996, criou a Empreitolar e começou por fazer sub-empreitadas para alguns clientes como hobbie. Um dia, um cliente da zona do Cartaxo pediu-lhe para fazer uma obra naquela cidade. Gostou tanto do local que acabou por ficar. A empresa cresceu e Fernando Junqueiro passou a dedicar-se por completo à construção de moradias e apartamentos.

Edição de 12.04.2006 | Economia
Como é que surge a Empreitolar?Quando criei a Empreitolar tinha a ideia de fazer umas pequenas sub-empreitadas a alguns clientes a quem fazia os projectos das casas. Como sou Desenhador de Construção Civil, isto seria apenas um hobbie. Os trabalhos começaram a aparecer, comecei a ter novos objectivos, a empresa cresceu e optei por dedicar-me a esta área a tempo inteiro.Já não faz sub-empreitadas como inicialmente?A Empreitolar neste momento reduziu um pouco as sub-empreitadas e passou a fazer construção para venda de apartamentos de boa qualidade e equipados. Depois de os apartamentos estarem concluídos, tratamos também da venda directa ao cliente.A Empreitolar trabalha sozinha ou tem parcerias?Neste momento a Empreitolar tem, duas empresas associadas, a Jubelta e a Empreiteluxo. Elas fazem a aquisição dos terrenos e a Empreitolar constrói para essas empresas. Quais são os vossos projectos mais imediatos?Estamos a trabalhar em quatro ou cinco zonas diferentes no Cartaxo. Vamos começar a construir casas e apartamentos na zona de Almeirim. Estamos a construir cada vez mais e em zonas diferentes do Ribatejo. É isso que queremos. Aos poucos estamos a chegar a todo o distrito de Santarém. A minha ideia é fazer com que a empresa tenha alguma expansão, apresentação e, sobretudo, que tenha valor no mercado. Quero que a Empreitolar seja reconhecida, acima de tudo, pela qualidade do trabalho que faz.Em termos financeiros, acha que esta região é boa para se investir na construção civil?Estou no Cartaxo há dez anos e desde que vim para cá houve um grande desenvolvimento da cidade. Cada vez há mais casas e prédios construídos e as pessoas procuram muito o Cartaxo para viver porque está bem localizado. As pessoas querem fugir da confusão de Lisboa e vêm para aqui porque estão perto da capital e o local é tranquilo. E as perspectivas de futuro?Com as obras de acesso que têm sido feitas e outras que possam vir a ser feitas penso que esta é uma cidade que vai desenvolver-se muito mais. E no futuro, talvez com o aeroporto da OTA esse crescimento irá acentuar-se.Não receia a concorrência?O mercado da construção é muito competitivo mas eu não receio a competição. O problema neste sector é que há pessoas que não são civilizadas. Se todos os empreiteiros tivessem uma formação como existe em outras profissões, talvez, houvesse uma convivência “saudável” entre todos. Nesta profissão, é um bocado a lei da selva. Cada um quer passar por cima do outro e quem perde com isso são os clientes.Nunca pensou trabalhar num ramo completamente diferente deste?Foi uma ideia que nunca me passou pela cabeça. Quando andava na escola, ainda criança, via as casas crescerem e pensava que devia ter mais dez anos para poder trabalhar na construção civil. Felizmente, pouco a pouco, consegui atingir os objectivos que sempre planeei para mim.Qual é o segredo do sucesso da Empreitolar?Acima de tudo apostamos na qualidade do nosso trabalho. Quando construo uma casa ou um apartamento quero que fique perfeito para o cliente não apontar um único defeito. Além disso, acompanhamos os clientes mesmo depois de terem comprado casa. Se os clientes estão satisfeitos divulgam o nosso trabalho e trazem novos clientes. O mais importante é a satisfação do cliente.ContactosSítio do Teles - Quinta do Manhoso /2070 CartaxoTelef./Fax: 263 218 252
A qualidade também se constrói

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...