uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Casais de Vale do Brejo-Aveiras de Cima

Edição de 12.04.2006 | O Mirante dos Leitores
A propósito da referência feita na vossa rubrica “NÃO CUSTAVA NADA” na semana passada ao lugar de Casais de Vale do Brejo, na freguesia de Aveiras de Cima, povoação que tem só por si cerca de mil eleitores, acresce-me informar o seguinte:Se o autor da aludida fotografia tivesse recuado no terreno cerca de uns trinta metros, teria verificado que o Vale do Brejo começa (agora) exactamente aí.Digo agora, por que há cerca de um ano e meio resolveram as entidades superintendentes no assunto, apagar do mapa, um outro lugar, a Correola de Baixo, incorporando-a no Vale do Brejo, o qual começa agora precisamente na aludida rotunda e Rua da Correola de Baixo. Como se tal anomalia não bastasse, acontece aqui ainda o impensável. Por imperativos dos CTT, a dita Rua da Correola de Baixo deixou de ter o código postal que tinha, até ao meio, sendo que para efeitos de distribuição e cível, toda esta zona ficou a pertencer aos Casais das Amarelas, que é outro lugar mais abaixo. Vale do Brejo ou Amarelas? Confuso não é ? Pois é, até para nós que cá moramos e aqui exercemos a nossa actividade!Já agora que estamos na calha, ocorre-nos lembrar as autarquias e a delegação de saúde de Azambuja que era saudável que mandassem acabar com os esgotos a céu aberto que se fazem e aqui permanecem desde há vários anos, para as valetas desta rua, exalando um cheiro nauseabundo, crescendo a doença e os mosquitos. Isto nas imediações das Escolas do agrupamento Vale-Aveiras onde andam os nossos filhos.Isto sim, “ NÃO CUSTAVA NADA” !..Luís Pratas Sequeira-Aveiras de Cima

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...