uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

GNR desmantelou negócio de droga em acampamento cigano

Nos arredores de Salvaterra de Magos
Edição de 12.04.2006 | Sociedade
A GNR apreendeu droga, notas falsas, ouro e vários objectos que suspeita serem furtados numa tenda de um acampamento cigano nos arredores de Salvaterra de Magos. A operação conduzida pelo destacamento de Coruche na quinta-feira, 6 de Abril, culminou com a detenção de um casal de meia idade que foi libertado pelo juiz de instrução criminal no dia seguinte e com a medida de coacção mínima, o termo de identidade e residência.Cerca de três dezenas de pessoas de etnia cigana, incluindo várias crianças, concentraram-se na sexta-feira nas imediações do Tribunal de Vila Franca de Xira, onde os arguidos foram ouvidos.Segundo fonte da GNR, os militares apreenderam várias caçadeiras, ouro, auto-rádios, relógios, uma moto, uma moto-serra e 38 botijas de gás que, alegadamente, foram furtadas em estabelecimentos de Marinhais, Salvaterra de Magos e Benavente.Foram as botijas de gás que motivaram a investigação do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR que conduziu ao acampamento onde, alegadamente, eram guardadas as botijas antes da comercialização.Nesta operação foi fundamental o trabalho da GNR de Salvaterra de Magos que tinha referenciado o acampamento e acompanhou as movimentações dos suspeitos. A libertação dos arguidos com termo de identidade e residência causou mau estar junto de algumas vítimas dos furtos e de vários agentes que estiveram envolvidos na operação que exigiu “esforço redobrado” dos militares. Os suspeitos estavam referenciados pela prática de furtos e tráfico de estupefacientes.Segundo fonte da GNR, os suspeitos não ofereceram resistência no momento da detenção.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...