uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

GNR prende e o tribunal solta

Edição de 12.04.2006 | Sociedade
Os três homens suspeitos de estarem envolvidos no furto de mais de três dezenas de anéis de ouro numa ourivesaria de Alverca foram detidos pela GNR. Um dos meliantes foi apanhado por um popular após o assalto, continuando a monte um quarto indivíduo que terá fugido com o produto do roubo. Por ordem judicial os detidos foram colocados em liberdade.O assalto à ourivesaria Angelo joalheiros, na Avenida Capitão Meleças, ocorreu no dia 4 de Abril por volta das 10h30. Dois homens entraram no estabelecimento e pediram para ver anéis de homem. O proprietário acedeu à pretensão dos supostos clientes e colocou sobre o balcão dois estojos com anéis. De seguida, um dos meliantes solicitou anéis de meia libra e pediu o preço. “Quando me baixei para pegar na balança para pesar o anel, colocaram-se em fuga com um estojo contendo 36 anéis de homem mais um de meia libra”, contou o proprietário a O MIRANTE, acrescentando que o valor do roubo é “muito superior a 7.500 euros”. Os três detidos, com idades entre os 18 e os 22 anos, residentes na zona de Lisboa, foram presentes ao Tribunal Judicial de Vila Franca, saindo em liberdade com Termo de Identidade e Residência.“As nossas leis são uma tristeza...”,desabafa a vítima do roubo, mostrando-se desiludido e receoso por saber que os mesmos homens poderão continuar com a actividade criminosa.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...