uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Areeiros benéficos para desassoreamento do rio

Edição de 19.04.2006 | Sociedade
Em resposta a solicitação de O MIRANTE o gabinete de apoio à presidência da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT) esclarece que ambas as empresas asseguraram licenças no âmbito de concurso público.Adianta-se que a localização das empresas extractoras tem em vista o desassoreamento do rio em frente à povoação de Porto do Sabugueiro, objectivo que está incluído no Plano Específico de Gestão de Extracção de inertes do rio Tejo.A CCDR-LVT refere ainda ser impossível fiscalizar a todo o tempo as condições estabelecidas nos horários de laboração das empresas. No que respeita ao transporte de materiais, informa a entidade que a Europrates possui uma saída de trânsito não coincidente com a aldeia enquanto a Exato está a ultimar a construção de uma saída alternativa para a EN 118, que deverá estar a funcionar em Maio, pode ler-se.Em prazo a ser estudado, indica a CCDR-LVT, a extracção da Europrates, deverá ser relocalizada na margem oposta àquela onde labora, para terrenos da Estação Zootécnica Nacional (herdade do Esfola Vacas), onde a margem está completamente destruída pelo assoreamento do rio.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...