uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Atentados urbanísticos e gestão sem regras

Atentados urbanísticos e gestão sem regras

CDU aponta “pontos negros” do concelho de Vila Franca

Uma urbanização sem acessos, outra sem saída e um viaduto sem fim à vista foram três “pontos negros” apontados pela CDU num périplo pelo concelho. A coligação apresentou uma longa lista de “erros” da gestão socialista em Vila Franca de Xira.

Edição de 26.04.2006 | Política
“Atentados urbanísticos” e “gestão aleatória do ordenamento territorial”. Este foi o diagnóstico feito pela CDU aos primeiros seis meses de mandato do Partido Socialista na Câmara Municipal de Vila Franca de Xira. Uma comitiva da coligação, composta por autarcas, militantes do PCP e dirigentes da coligação, visitou os “maus exemplos da gestão PS”. O périplo teve início na Castanheira do Ribatejo com “o exemplo mais grosseiro, mais brutal do que é construir sem regras”, como o classificou o vereador da CDU Carlos Coutinho. Em causa está a construção da urbanização da Quinta dos Anjos, onde já moram cerca de 100 pessoas, sem que tivessem sido feitos os respectivos acessos rodoviários previstos no projecto.A passagem para a urbanização é actualmente feita por baixo de um antigo viaduto da EPAL por onde não é possível uma viatura de emergência passar em caso de incêndio. De acordo com o presidente da Junta de Freguesia da Castanheira, António Ventura Reis (CDU), a situação encontra-se num impasse, já que a câmara municipal e o urbanizador têm empurrado responsabilidades. Também a rua do Curral, em Vila Franca, que desemboca num terreno privado utilizado como parque de estacionamento, sem a devida sinalização no início da rua, foi apontada pela comitiva da CDU como exemplo da falta de planeamento da gestão socialista. Defendendo que estes seis meses de mandato têm-se pautado também pela indiferença da câmara face às questões ambientais, a coligação chamou a atenção para a falta de limpeza das ribeiras de Santo António, em Alhandra, e da Silveira, em Alverca. Junto à foz da ribeira de Santo António, que recebe os esgotos das freguesias de Alhandra e São João do Montes, o cheiro nauseabundo incomoda, há mais de 15 anos a população residente.A visita pelo concelho contemplou ainda uma paragem na Quinta da Flamenga, em Vialonga, para citar “mais um exemplo da falta de regras que rege a actuação do município”. Aqui o vereador Carlos Coutinho relembrou que há 10 anos que está prevista a construção do parque da urbanização, pelo qual os moradores pagaram aquando da aquisição das habitações e que está longe de ser realidade. Neste momento, a câmara municipal está a reformular o projecto para reduzir as áreas verdes com o objectivo de diminuir os custos de manutenção. O polémico viaduto dos Caniços, que prevê ligar o Forte da Casa à Póvoa de Santa Iria, foi o local escolhido para terminar a iniciativa, apontado como mais um exemplo da ausência de planeamento da câmara. Uma prática que Carlos Coutinho referiu ter vindo a marcar estes oito anos de gestão socialista do concelho, a par da “complacência para com todo o tipo de ilegalidades”. Revitalizar o Cine Nazaré e a “Póvoa velha”A passagem pela Póvoa de Santa Iria contemplou ainda uma paragem no Cine Nazaré. Fechado há mais de 10 anos, o espaço é visto pela CDU como um potencial pólo cultural que venha a dinamizar toda a chamada “Póvoa velha”. Carlos Coutinho defendeu que o espaço do antigo cinema poderia ser agregado ao barracão do sal contíguo ao Cine Nazaré e também em avançado estado de degradação. António Nabais, eleito da CDU na Assembleia de Freguesia da Póvoa e membro da Dom Martinho – Associação para a Defesa e Valorização do Património da Póvoa de Santa Iria, frisou que um espaço cultural é uma necessidade de há muito daquela zona da cidade. No seu entender, o equipamento resultante da recuperação do edifício poderia ser utilizado pelas “colectividades que não têm espaço para as suas actividades”.
Atentados urbanísticos e gestão sem regras

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...