uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Biblioteca reabre as portas do Palacete Marques de Almeida

Ministra da Cultura visita a Golegã e inaugura biblioteca municipal

O imóvel onde em tempos funcionou o posto da GNR foi remodelado e transformado numa modelar biblioteca.

Edição de 26.04.2006 | Sociedade
A inauguração da nova Biblioteca Municipal da Golegã voltou a abrir as portas do Palacete Marques de Almeida, antigas instalações da GNR da vila. A cerimónia, que teve lugar no domingo, contou com a presença da ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima, que enalteceu o trabalho desenvolvido pela autarquia no âmbito cultural e lançou o repto da leitura aos presentes, na data em que se comemorou o Dia Mundial do Livro.“A Golegã tem-se afirmado e distinguido, nos últimos anos, como uma autarquia que cuida da sua história, do seu património e que intervém activamente na qualificação dos seus habitantes. Em meu entender, este é o caminho certo, o caminho do futuro. Investir na cultura é investir nas pessoas”, disse a ministra.Construída pela Câmara Municipal da Golegã, ao abrigo de um protocolo com o Instituto Português do Livro e Bibliotecas (IPLB), que financiou o projecto em 65 por cento da sua execução, a nova biblioteca conta com um total aproximado de 14 mil livros e mil e setecentos registos audiovisuais. Os utentes podem ainda aceder à Internet e consultar revistas e jornais. Um investimento de cerca de um milhão de euros.“Isto não é luxo nenhum. É uma infra-estrutura tão importante como uma boa estrada ou qualquer outro equipamento básico”, disse o presidente da Câmara Municipal da Golegã, José Veiga Maltez (PS), que considera o “saber livresco” uma arma “importante para nos preparar e defender perante os outros”.O autarca evocou ainda a importância das bibliotecas para o percurso de vida das populações: “A aprendizagem ao longo da vida faz-se também a ler, por isso precisamos de espaços como este. Esta biblioteca pública é a porta de acesso local ao conhecimento”.A Biblioteca Municipal da Golegã está dividida em dois pisos, contando ainda com um jardim, onde os seus utentes podem ler e ter acesso WI FI à Internet. À arquitectura tradicional do edifício foram adaptadas as necessidades logísticas inerentes ao projecto, que a avaliar pelo número de pessoas presentes na inauguração já conquistou a simpatia da comunidade.“As bibliotecas são templos de livros, casas onde cabem muitos mundos, e a obra que hoje se inaugura é, estou certa, um dos investimentos mais profícuos que esta câmara municipal oferece à sua população. As gerações presentes e as futuras dela usufruirão. E certamente muitos serão aqueles que, neste lugar, vão despertar ou avivar o gosto pela leitura”, disse a ministra da Cultura. Carla Paixão

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...