uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Cachoeiras quer fixar população

Cachoeiras quer fixar população

Perímetro urbano cresce após revisão do PDM
Edição de 26.04.2006 | Sociedade
Para atrair e fixar população nas Cachoeiras, a freguesia rural do concelho de Vila Franca de Xira tenciona apostar na construção de novas urbanizações e no turismo rural. Uma “longa batalha” que a freguesia tem vindo a travar, devido às diversas servidões da área, e que pode vir a ter solução com a revisão do Plano Director Municipal (PDM). Na visita realizada pelo executivo camarário vilafranquense à freguesia, no passado dia 18 de Abril, o presidente da junta, José Inácio (PS), recordou que a construção nas Cachoeiras está condicionada, em larga medida, pelas classificações de Reserva Agrícola e Ecológica. Condicionalismos que o autarca gostaria de ver resolvidos já que, referiu, “o nosso objectivo é ter cá mais pessoas”. Já há cerca de um ano, esta preocupação havia sido evidenciada pelo presidente da junta em outra visita do executivo da câmara municipal. A freguesia das Cachoeiras é a terceira maior do concelho em termos de área, mas é a que tem menor população, com cerca de 800 habitantes.Segundo a presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, alguns dos problemas relacionados com as servidões e outros condicionalismos impostos pelo PDM que existem actualmente terão solução com a revisão do documento. Como afirmou, estão “previstas algumas correcções à área do perímetro urbano”.Maria da Luz Rosinha referiu ainda que o projecto de tornar Cachoeiras mais atractiva, passa também pela aposta no turismo, aproveitando a “magnífica paisagem” da freguesia. Segundo adiantou, “têm havido diversas pretensões” ao nível do turismo para a região, mas que têm esbarrado com os diversos condicionalismos. Em cima da mesa está um conjunto de propostas no âmbito do turismo rural, que com a revisão do PDM poderão tornar-se realidade.Novo espaço para a junta das Cachoeiras A falta de condições das actuais instalações da junta de freguesia e a necessidade de um novo espaço foi também focada na visita do dia 18. A presidente da autarquia reconheceu a necessidade, mas adiantou que o avanço do estudo prévio para a nova sede está condicionado pela reorganização administrativa do território prevista pelo Governo. Resignado, José Inácio referiu que a questão das novas instalações é para ser encarada como um projecto “ a longo prazo”.
Cachoeiras quer fixar população

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...