uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

“Foi um dia em que tudo nos correu mal”

Derrota no Tramagal complicou contas do Fazendense
Edição de 03.05.2006 | Desporto
A derrota sofrida no Tramagal complicou as contas do Fazendense quanto à vitória no Campeonato Distrital da Primeira Divisão, e a consequente subida ao nacional, um dos principais objectivos assumidos desde a primeira hora pelos responsáveis da equipa de Fazendas de Almeirim.Por isso, o treinador Manuel Francisco reagiu com tristeza a esta derrota. “Foi um dia em que tudo nos correu mal. Podíamos estar ali todo o dia que a bola não entrava”, disse com tristeza, quando contactado por O MIRANTE.Manuel Francisco aceita sem hesitação que agora com cinco pontos de desvantagem em relação ao Cartaxo, a situação ficou muito complicada. “Matematicamente ainda é possível chegarmos ao topo, mas temos que ser realistas. As coisas ficaram muito mais fáceis para o Cartaxo, que está numa situação subida”, garantiu, enquanto afirmava que apesar de tudo o seu grupo de trabalho vai lutar até ao fim.Segundo o técnico, duas situações contribuíram para este resultado negativo do Fazendense. Primeiro a ansiedade dos jogadores depois de saberem o resultado do Cartaxo, e sobretudo o adiamento do jogo para a segunda-feira. “Quisemos ser solidários e aceitámos a troca e o adiamento do jogo, e isso não foi bom para nós, numa altura em que tudo se decide no Campeonato”, garantiu Manuel Francisco.O treinador do Fazendense lamentou ainda que o árbitro do jogo no Tramagal, “como outros ao longo da época”, não tenha visto duas grandes penalidades evidentes, e que depois de tantas dificuldades, que a equipa conseguiu ultrapassar ao longo da époa tenha acabado por perder este jogo.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...