uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Bruxelas pede a Portugal dinheiro indevidamente gasto na agricultura

Edição de 03.05.2006 | Economia
A Comissão Europeia decidiu pedir a 11 Estados-membros, entre os quais Portugal, o reembolso de 128,2 milhões de euros “gastos indevidamente” do orçamento da Política Agrícola Comum (PAC).O executivo comunitário conclui que o sector de ajuda à produção de linho em Portugal tem um “sistema de controlo inadequado à prevenção de irregularidades” e pede a Lisboa a devolução de 3,14 milhões de euros.Bruxelas explica que os Estados-membros são responsáveis pelo pagamento e controlo de quase todas as despesas da PAC cabendo, no entanto, à Comissão Europeia assegurar que foi feito uma utilização correcta dos fundos.“Trata-se de um procedimento crucial porque garante que o dinheiro da PAC é gasto correctamente e são recuperadas todas as quantias gastas indevidamente”, disse a comissária europeia da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Mariann Fisher Boel.A Comissão Europeia reclama fundos da Bélgica, Alemanha, Espanha, Finlândia, França, Itália, Holanda, Portugal, Suécia e Reino Unido.As devoluções mais importantes foram pedidas à França, 32,07 milhões de euros no sector das frutas e hortaliças, e à Itália, 30,02 no sector das frutas e hortaliças e 30,94 por não cumprimento dos prazos de pagamento.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...