uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Presidente da CULT reitera suspensão das Águas do Ribatejo

Edição de 03.05.2006 | Política
O presidente da Comunidade Urbana da Lezíria do Tejo (CULT), José Sousa Gomes (PS), reafirmou na sexta-feira, durante a reunião da Assembleia Municipal de Amleirim, a suspensão do concurso para a escolha do parceiro privado para a empresa Águas do Ribatejo, que vai gerir o abastecimento de água e saneamento básico na maioria dos municípios da CULT.Em resposta à interpelação do deputado municipal José Alfaiate (CDU) sobre o assunto, Sousa Gomes, que é também presidente da Câmara de Almeirim, explicou que a CULT aguarda a chegada de pareceres jurídicos solicitados a especialistas que sustentem uma posição e definição futura quanto ao concurso.“O que tem vindo na comunicação social é da responsabilidade de quem escreveu ou mandou publicar”, garantiu Sousa Gomes, acrescentando que o estudo económico aprovado não foi alterado para atribuir qualquer compensação ao concelho de Santarém.Recorde-se que após a realização de um concurso público internacional a CULT tinha escolhido para parceiro privado da empresa intermunicipal Águas do Ribatejo o consórcio Aqualia/Grupo Lena, mas o processo foi suspenso após o presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores (PSD) ter anunciado que negociou contrapartidas isoladamente com o consórcio privado que lhe teria garantido a construção de um edifício municipal e de um parque de estacionamento subterrâneo na cidade.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...