uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Bombeiros de Tomar recebem formação em Espanha

Bombeiros de Tomar recebem formação em Espanha

Objectivo é tornar a corporação cada vez mais auto-suficiente

Os Bombeiros Municipais de Tomar querem ser, a curto prazo, uma corporação auto-suficiente. Para atingir esse objectivo apostam forte na formação.

Edição de 03.05.2006 | Sociedade
Catorze elementos do corpo dos Bombeiros Municipais de Tomar (BMT) estiveram recentemente em Espanha a receber formação específica na área do combate a incêndios urbanos e industriais. Um curso que o segundo comandante da corporação considera de extrema importância, porque os bombeiros não acorrem apenas a fogos florestais, mas também a outras ocorrências com um grau de perigosidade muitas vezes maior, nomeadamente em fábricas, locais de lazer ou zonas habitacionais. Na Base Naval do Alfeite, em Lisboa, um outro elemento dos municipais de Tomar terminou recentemente o curso de bombeiro mergulhador, da responsabilidade da Escola de Mergulhadores da Armada. Ainda na área aquática, dois elementos vão frequentar brevemente o curso de formação de nadadores salvadores.São acções que têm como objectivo tornar a corporação auto-suficiente, em termos de conhecimentos técnicos para poderem responder à comunidade. Para o segundo comandante dos BMT não basta dizer que querem mais formação, tem de se fazer por a ter.É por isso que actualmente estão inscritos na Escola Nacional de Bombeiros mais de 90 por cento dos elementos da corporação, no sentido de frequentarem diversos cursos, desde operador de central a tripulante de ambulâncias, salvamento e desencarceramento ou condução todo-o-terreno. Os incêndios de Verão motivaram a presença de um elemento no curso de chefe de grupo de combate a incêndios florestais, no Centro de Formação da Lousã, da Escola Nacional de Bombeiros.Em Tomar, ministrado pela Prevenção Rodoviária Portuguesa, decorreu em Março um Curso de Formação de Condutor de Ambulâncias, com 12 formandos.Não descurando qualquer nível de formação, a corporação está também a promover, em conjunto com a empresa Otis, um curso de manobras com elevadores. Esta iniciativa advém do facto de serem relativamente frequentes as solicitações para resgatar pessoas presas em elevadores. E em parceria com Instituto do Emprego e Formação Profissional está ainda a decorrer um curso básico de informática, para 15 elementos, destinado a dotar os bombeiros de conhecimentos que lhes permitam funcionar com novos equipamentos computorizados.Cidadãos têm de ter mais conhecimentosO comandante entende ainda que os cidadãos deveriam ter maiores conhecimentos básicos de primeiros socorros e de outras acções de protecção civil. Questões tão simples como ter a noção das regras básicas ao telefonar para fazer um pedido de socorro evitariam algumas situações de pânico e permitiriam que fossem enviados para o local os meios certos, ao contrário do que por vezes acontece, reforça o segundo comandante dos BMT.Vítor Tarana refere que os Bombeiros de Tomar realizam frequentemente acções de formação para entidades que o solicitam, nomeadamente para empresas, mas reconhece que isso acontece mais por obrigação legal (processos de certificação, por exemplo) que por uma cultura de segurança. “Às vezes basta saber como funciona um extintor de incêndio para um cidadão comum poder acabar com um foco de incêndio”.
Bombeiros de Tomar recebem formação em Espanha

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...