uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Chave na mão e sorriso no rosto

Doze famílias recebem casas novas em Vila Franca

Para a maioria das famílias esta é a primeira casa. Viveram de barraca em barraca alimentando o sonho que agora concretizam.

Edição de 03.05.2006 | Sociedade
Doze famílias carenciadas do concelho de Vila Franca de Xira receberam uma casa nova, no âmbito do Programa Especial de Realojamento. Para muitos, esta é a primeira habitação, digna desse nome, que têm. A entrega das chaves e assinatura dos contratos foi marcada pela emoção. Cândida Correia Tomé passou a vida de barraca em barraca, à espera do dia em que tivesse um espaço que pudesse chamar a sua casa. Aos 61 anos o sonho realizou-se: tem na mão a chave do rés-do-chão esquerdo do lote 8, do Bairro Municipal do Bom Retiro, em Vila Franca de Xira. Depois de ter passado os últimos 12 anos numa barraca, junto às piscinas municipais, “sem água nem luz, e cheia de ratos, osgas e insectos”, Cândida prepara-se para entrar numa nova fase da sua vida. Uma fase que espera “que seja muito feliz”. Com um sorriso nos lábios e lágrimas nos olhos, diz que o próximo objectivo é arranjar algumas peças para rechear a casa onde vai viver com o filho de 28 anos, Daniel Miranda. Cândida Tomé só lamenta o valor da renda, de 180 euros, já que a sua reforma é de apenas 260 euros. Igual emoção está estampada no rosto de Maria Luísa Feire. “Não tem explicação como me estou a sentir”, refere. Há 12 anos que se inscreveu no programa de habitação social, mas só agora vai poder dar a tão desejada casa à filha caçula, Patrícia, de 10 anos. Em breve, a garagem em que habitou nos últimos anos, na Castanheira do Ribatejo, vai ser só uma má recordação.Apesar de “muito, muito contente”, a felicidade de Maria Luísa só vai ser completa quando as duas filhas mais velhas conseguirem também o seu espaço. Ambas com filhos menores, estão também à espera de habitação, enquanto permanecem na garagem que a mãe agora vai deixar. Foi numa “casa podre, com o tecto já a cair”, em Povos, que João Teles e Ilda Maria Samuel viveram os últimos 20 anos. O conceito de casa é também uma novidade para este casal septuagenário que espera agora poder “envelhecer mais descansado e feliz”. Cândida, Maria Luísa, João e Ilda representam três das 12 famílias do concelho de Vila Franca que, no passado dia 25 de Abril, receberam uma casa nova. Os 12 fogos entregues fazem parte do Bairro Municipal do Bom Retiro, que começou a ser construído em 2002 e onde residem já 74 famílias.Na construção dos dois lotes agora entregues a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira investiu 500 mil euros. A renda a pagar pelas famílias vai ser comparticipada pela autarquia com valores que variam entre os 3,80 e os 180 euros, consoante os rendimentos. Para completar o bairro, faltam ainda dois lotes, com mais dozes habitações, cujas obras já arrancaram.Na cerimónia de entrega, a presidente da câmara apelou ao cultivo de “bons hábitos de vizinhança”. Maria da Luz Rosinha pediu ainda que os novos moradores do bairro sejam “responsáveis” e cuidem bem dos seus novos lares, que foram “pagos com o dinheiro de todos”. Sara Cardoso

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...