uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Unidas pelo 25 de Abril

Unidas pelo 25 de Abril

Santarém e Grândola assinam protocolo de geminação
Edição de 03.05.2006 | Sociedade
As Câmaras de Santarém e de Grândola, Alentejo, assinaram um protocolo de geminação que incentiva o reforço dos laços de amizade e cooperação entre os dois concelhos. No dia da comemoração dos 32º aniversário do 25 de Abril, os autarcas dos dois municípios, Francisco Moita Flores (PSD) e Carlos Beato (PS), ratificaram aquela intenção no repleto salão nobre dos paços do concelho de Santarém.A forte ligação dos dois municípios ao 25 de Abril de 1974 foi o mote. Santarém como cidade de onde partiu para Lisboa a coluna militar liderada por Salgueiro Maia para derrubar o regime ditatorial. Grândola que inspirou a canção célebre canção de José Afonso “Grândola, Vila Morena”, que serviu de senha à “operação fim do regime”.Santarém e Grândola reafirmam o propósito de incrementar as relações entre autarquias e as suas gentes, desenvolver acções culturais, económicas e sociais entre si. A par da consolidação dos valores da liberdade, da democracia, da solidariedade e do desenvolvimento sustentado e da justiça social, emanados do 25 de Abril de 1974.A geminação pretende ainda contribuir para a promoção de encontros entre populações dos dois concelhos através das suas associações e colectividades mais representativas. Entre os dois autarcas foi, inclusivamente, abordada a possibilidade de levar crianças de ambos os concelhos a conhecerem ambas as terras. Moita Flores atribuiu a Carlos Beato a concretização do protocolo pelo qual vinha lutando há alguns anos e que a Câmara de Santarém resolveu dar um impulso. “Se Grândola rompe com o 25 de Abril e é terra da fraternidade, Santarém é terra da liberdade”, comparou Moita Flores.O presidente da Câmara de Grândola - que residiu durante muitos anos em Santarém e fez parte da coluna de Salgueiro Maia que marchou sobre Lisboa - considerou gratificante e emocionante a assinatura do protocolo de geminação com Santarém. Carlos Beato entendeu que se trata de mais uma etapa num cumprimento dos ideais puros e nobres do 25 de Abril. Uma ocasião para agarrar oportunidades em campos diversos.O autarca mostrou-se ainda agradecido pelo trabalho desenvolvido pela comissão das comemorações populares do 25 de Abril em Santarém ao longo de 32 anos. Caracterizou o capitão Salgueiro Maia como um grande líder que o povo transporta no coração. “Um homem que viveu para servir e não para se servir”, acrescentou.Ricardo Carreira
Unidas pelo 25 de Abril

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...