uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Teresa Silva

33 anos, locutora de rádio e televisão, Azambuja

“Os portugueses simplesmente não reagem. Esse é o grande mal, somos conformistas, reclamamos e nada fazemos, nem em relação aos nossos direitos, nem aos deveres”

Edição de 10.05.2006 | Agora falo eu
O amor pela rádio nunca acaba?Nunca, nunca, nunca, nunca...Pelo contrário renasce todos os dias e quem já teve oportunidade de “fazer” rádio, tenho a certeza que o bichinho da rádio ainda lá mora.Quando foram criadas as rádios locais, tinham como principais objectivos a divulgação dos valores culturais de cada região e a difusão de informação local. Esses objectivos mantêm-se ou tudo ficou pelo caminho? Nem tudo ficou pelo caminho, ainda existem rádios com alguns desses objectivos, embora muito poucas. E é uma pena querer-se imitar as rádios nacionais, quando há imensa coisa gira que se pode fazer nas rádios locais...Trinta e dois anos depois, os portugueses ainda festejam o 25 de Abril com paixão? Lá festejar até festejam, agora com paixão não diria, às vezes até com alguma tristeza. Há muita coisa que não mudou e até piorou. O sentimento é de uma completa impotência e frustração. Por outro lado, dá muito jeito um feriado.Se o governo português decretasse uma lei semelhante à lei do primeiro emprego que o governo francês tentou, como acha que os portugueses iam reagir?Os portugueses simplesmente não reagem. Esse é o grande mal, somos conformistas, reclamamos e nada fazemos, nem em relação aos nossos direitos, nem aos deveres.Portugal atravessa uma grave crise económica. Na sua opinião quais são as causas principais?A crise é mundial. Não é só Portugal que a atravessa.Vamos pôr a culpa nos governantes e na cultura consumista que nos impingiram. E nós feitos burros fomos atrás da cenoura!Em recente entrevista à TVI, Carlos Silvino voltou a acusar diversas personalidades de pedofilia. A justiça devia voltar a apreciar estes casos? Claro que sim! Está tudo ainda muito pouco claro! E o que é certo é que as crianças, ou outrora crianças, continuam a sofrer para o resto da vida. Se lhe saísse um dos primeiros prémios do euromilhões o que fazia com tanto dinheiro?Toda a gente pensa nisso, eu não sou excepção. Costumo dizer que preciso do suficiente, e o suficiente era para pagar as casas dos meus irmãos, e a minha claro, e dava outra aos meus pais. Reformava a minha mãe, que está fartinha de trabalhar, assegurava à minha família umas grandes férias. Investia no meu futuro e no do meu filho.Na sua opinião qual é a principal causa dos acidentes de viação em Portugal?Acima de tudo uma falta de civismo incrível.O futebol é um desporto só para homens?Claro que não, é um desporto, e sendo assim é para todos. O que acha das praias de naturistas?Acho que há gostos para tudo, e acho muito bem que existam, se as pessoas se sentem bem…sou apologista de tudo o que nos faça sentir bem, então que o façamos!

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...